Archive for January, 2007

Salve!

 

Tem uma música que eu gosto muito que diz o seguinte em seu refrão“Time is on my side, yes it is” e isso é mais ou menos o que eu pensava um tempo atrás quando juntamente como “Ultra”Marcos do “Chumbo; Plástico; Tinta & Pincel” tivemos a idéia do Desafio de Pintura.

 

Já estava ficando um tanto constrangido em ter proposto o desafio sem no entanto produzir qualquer coisa para ele além da lista de exército, assim resolvi começar a brincar com os Ultramarines.

 

Como o Ultramarcos disse em seu blog a idéia era também fazer o melhor trabalho possível na construção desse pequeno army justamente para aprimorarmos um pouco as técnicas de pintura e modelismo o que me motivou a já começar experimentando um pouco.

 

Como a maioria dos freqüentadores deste blog sabem os Ultramarines são um dos incontáveis capítulos de Space Marines que são descritos assim pela GW:

 

“The Space Marines of the Adeptus Astartes are Humanity’s ultimate warriors, dedicated to the defence of the Emperor and the Imperium of Man. They are barely human at all, but superhuman, having been made superior, in all respects, to a normal man by a harsh regime of genetic modification, psycho-conditioning and rigorous training” (Em uma Tradução livre : Os Space Marines dos adeptus Astartes são os maiores guerreiros da humanidade, dedicados à defesa do Imperador e à defesa do império da humanidade. Eles já quase não são humanos, mas sim sobre humanos, tendo sido alterados através de um duro regime de modificações genéticas, psico-condicionamento e treinamento rigoroso para assim serem superiores à um homem normal em todos os aspectos).

 

Pois bem, uma reclamação recorrente é a de que as miniaturas dos Space marines produzidas pela GW não fazem jus a descrição dos mesmos no “fluff” (background do jogo) como ilustra com propriedade a foto comparando um space marine com um “humano normal” da Guarda Imperial (fotos do blog Weetoysoldiers):

 

 

Como se pode perceber o marine “super humano” frequentemente descrito como tendo mais de dois metros de altura é quase do mesmo tamanho do ser humano “normal” do universo do 40K.

 

Já há algum tempo surgiram na web diversos tutoriais de hobbystas que tentavam fazer “True Scale Marines” ou seja, marines de tamanho mais condizente com o background do jogo através das mais variadas técnicas, mas a que me pareceu mais fácil de ser executada é a que emprega pedaços de plasticard para “alongar” partes da miniatura fazendo-a ficar maior (Se você se interessou não deixe de conferir o seguinte tutorial: Tutorial Marine “True Scale”).

 

Adaptando o que vi no tutorial que você pode conferir no link acima fiz meu primeiro Ultramarine “True Scale”. Embora esteja longe do que considero ideal em virtude de minhas deficiências para esculpir e trabalhar com greenstuff fiquei feliz com os resultados que vc pode conferir nas seguintes fotos:

 

Comparação com um Salamander:

 

 

Diferença de altura:

 

 

A miniatura já foi alterada depois de ter tirado as fotos deste update em virtude de eu ter experimentado um novo primer que quase arruinou a peça. Em breve mais fotos de como progride a pintura da peça.

 

Até breve.

 

 

Hey there!

 

I was feeling ashamed because even tough I was the one who proposed the painting challenge I hadn’t produced anything so far for it, apart from the army list.

Not wanting to fall behind schedule and also to be left behind by the productive friends who joined in the fun (like Mortis from “The dark Tower” who’s already working on his second unit for the challenge or Ofrante from the “PELE VERDE, PRESAS e ANIMOSIDADE” who already completed two rock lobbers for his 1000 points) I started working on a “test piece” today.

 

One of the ideas behind taking part in the painting challenge is to push our painting and modeling skills forward and so I decided to give proper scaled marines ago (there’s a nice tutorial on how to do it here).

 

The last two pictures show what I managed to do given my poor sculpting skills (compared to one of my Salamanders). Paint job to follow soon.

 

Cheers.

Desafio de Pintura – Newsletter 2!

 

Caramba com esse negócio de me mudar pela terceira vez em dois anos acabei ficando sem ter como atualizar os participantes do Desafio de Pintura, assim como a comunidade devotada ao hobby de pintura de miniaturas, acerca do progresso do mesmo ao longo do mês de dezembro/2006.

Feliz ou infelizmente muito pouco aconteceu ao longo do último mês não havendo muito o que relatar mas vamos lá:

 

Mês 2 – Dezembro de 2006

Lá se vai mais um mês do prazo original de doze e até agora o ritmo de produção dos participantes tem sido meio lento, o que é natural visto que é característica do brasileiro deixar tudo para a última hora. Tenho certeza também que o ritmo de final de ano com as festas do período bem como as merecidas férias de muitos acabam deixando pouco ou nenhum tempo para a produção relacionada ao hobby justificando assim as parcas atualizações do período.

 

O desafio continua com os treze participantes já apontados na primeira newsletter não havendo qualquer desistência formal até o momento, destes somente 4 tiveram atualizações referentes ao desdafio.

 

O “Sobre anjos sombrios e guerreiros fantasmas” trás as bases encomendadas pelo JM para o army Iyanden que certamente ajudarão a unificar o tema do exército.

 

 

No “Dark side of the mind” o Federico trouxe novas de que estaria mudando as cores do army. Ao invés de fazer o army de Dark Angels, como planejado originalmente, ele vai estar pintando um destacamento de Angels of Sorrow, um capitulo sucessor dos Dark Angels. Não sei se o capitulo foi criação da GW ou do próprio Federico, mas o nome com certeza é popular (Uma busca rápida pela internet apontou pelo menos três pessoas usando o nome em capítulos DIY: Angels of Sorrow; Angels of Sorrow 2 e Angels of Sorrow 3).

 

Os destaques dos deste mês são novamente o Mortis e o Ofrante que começam a deixar os demais participantes para trás.

 

No “The dark tower”, após alguns percalços que atrapalharam a produção do Mortis, fomos brindados com uma unidade de centauros convertida e pintada.

 

 

Já no “PELE VERDE, PRESAS E ANIMOSIDADE”, não satisfeito com a primeira Rock Lobber o Ofrante nos trouxe sua segunda máquina de guerra, belíssima como a primeira.

 

 

Todos os demais participantes, entre eles o meu blog (“The Painting Frog” – shame on me) deixaram de trazer qualquer atualização relativa ao Desafio de pintura.

 

Essas foram as atualizações dignas de nota. Que venham as próximas!