Archive for 15/02/2007

Salve!

 

Na última temporada em que morei em Cuiabá, por ocasião do nascimento de minha filha, passei a jogar habitualmente contra os Space Wolves do Fábio, enfrentando-os com praticamente todos os exércitos que eu tinha e vendo o quanto o Fábio evoluía como general em cada jogo.

Em uma de nossas últimas partidas ele decidiu testar uma nova unidade, um Wolf Guard Battle Leader montado em uma motocicleta marine. Esse HQ lideraria uma unidade de outros três marines montados em motocicletas.

Nesse jogo em especial nem o Wolf Guard Battle Leader nem os marines que ele comandava conseguiram atravessar a mesa tendo sido abatidos pela verdadeira tempestade de tiros que se abateu sobre eles, e também, se não me falha a memória, pelo fato do Fábio ter esquecido de mover o Wolf Guard em um de seus turnos.

Em nossa partida seguinte o Fábio insistiu na unidade, anunciando de forma solene que tinha entendido a maneira de se jogar com os Space Wolves. Acabei levando uma surra e o tal Wolf Guard Battle leader montado na moto acabou por enviar pra vala umas duas ou três unidades do meu army Tau bem como deu conta de obliterar meu HQ da mesa, arregimentando MUITOS pontos de vitória para seu general.

O mérito não é só do HQ, mas também do Fábio, que ao longo de diversas partidas foi entendendo a mecânica de um army de Space Wolves evoluindo de “saco de pancadas” para “oponente competente” ao longo de poucas partidas.

Pois bem, não existe uma miniatura especifica de um Wolf Guard Battle Leader montado em uma motocicleta, o que me deu a idéia de converter um e presentear o Fábio justamente para marcar sua evolução como general (além do que usar modelos como proxy eternamente não dá) e é claro mostrar o apreço que tenho pelo meu oponente.

Assim sendo lancei-me ao projeto. Para converter o modelo usei um antigo sargento devastator dos Space Wolves e uma moto de capelão marine. O primeiro grande obstáculo foi converter o sargento já que essa é uma miniatura de metal, bem menos “modelling friendly” do que as miniaturas de plástico. Alguns cortes depois e nosso marine já conseguia sentar-se na moto.

A moto em si é praticamente “de fábrica” a única diferença notável é a cabecinha de lobo na frente justamente para dar um ar mais “Space Wolf” na moto.

A pintura da peça foi bastante trabalhosa e devo confessar que meu cansaço, e a vontade de terminá-la logo, fizeram com que eu não caprichasse muito, principalmente no piloto.

Ainda assim acho que a miniatura, assim como a pintura nela realizada atendem ao fim a que se destinam, ou seja, ficar legal na mesa de jogo. Seguem as fotos da peça.

 

Vista frontal:

 

 

Outros ângulos:

 

 

Espero que o dono goste.