Archive for July, 2008

 

Salve Leitor!

 

Não eu não mudei o tema principal do blog e não, eu não estou falando sobre um jogo de vídeo game.

 

Poxa! Tem noticias que realmente dá gosto de trazer pra vocês aqui no blog (e ainda poder ilustrar com uma de minhas miniaturas).

 

Dia desses eu reclamava de leve aqui no blog em virtude de ter de pintar mais alguns Ultramarines para o meu army de sorte a adequá-lo às novas regras que vem vindo por ai.

 

Depois da noticia de hoje vou fazê-lo amarradão.

 

Desde o inicio um dos grande atrativos do army dos Ultramarines foi a possibilidade de usar um personagem de status legendário no exército, o “Lorde Macragge” Marneus Calgar mestre do capítulo dos Ultramarines.

 

 

Marneus Calgar... careca mas e ele!

Marneus Calgar... careca mas é ele mesmo!

 

 

Posso dizer que jamais me arrependi da temática adotada nesse army (possuir uma unidade de HQ bastante forte com o Marneus e seus guarda costas em detrimento de mais tropas) justamente pelo prazer de ver um personagem tão legal em batalha (e poder me lembrar dos momentos memoráveis do cara após cada partida).

 

Justamente por isso li com um sorriso nos lábios os rumores sobre a nova encarnação desse monstro no novo Codex:Space Marines.

 

Os rumores o estão descrevendo como incrível, um verdadeiro “Abaddon do bem”, não só imbatível em combate como também imprescindível para o funcionamento do exército.

 

Como já adiantamos aqui o sistema de “Traits” foi descartado e agora cada um dos personagens especiais, notademente os mestres de capitulo e capitães de renome incluídos na seção especial do livro, conferirá ao army que os incluir certas regras especiais permitindo assim certo grau de customização de acordo com as escolhas do jogador.

 

Pois bem, o Marneus Calgar conferirá ao exercito Ultramarine a habilidade de passar qualquer teste de liderança (alguns estão falando somente em testes de moral) o que seria, em tese, uma vantagem sobre a nova regra padrão “Combat Tactics”.

 

Além disso o personagem teria uma regra especial chamada “God of War” (deus da guerra) que permite que ele re-role praticamente qualquer coisa mais ou menos nos moldes do já famoso (ou infame) poder “Veil of Time” (valeu André) dos Librarians só que sem nenhum teste.

 

O Storm Bolter imbutido nas “Gauntlets of Ultramar” teriam AP2 e ele teria 4 ataques base em seu profile (somados com o bônus conferido pelas Gauntlets de Ultramar – um par de power fists ele chegaria a 6 ataques na carga… re-rolando TUDO!).

 

O personagem teria ainda as regras “Eternal Warrior” que o torna imune a “instant death” (morte instantânea – ocorre quando uma miniatura sofre um ferimento de uma arma com o dobro ou mais de sua característica “toughness”) e sua terminator armour teria um save invulnerável de 4+. Não existiria mais a possibilidade de usá-lo em power armour.

 

Em suma o cara é mesmo um GOD OF WAR!

 

Por hoje é só e até a próxima.

 

 

 

 

 

Salve Leitor.

 

Aconteceu neste fim de semana (no sábado dia 26/07/08 ) o Games Day Chicago. Embora as expectativas acerca de novos produtos a serem mostrados pela primeira vez no evento fosse bastante grande muito pouca coisa nova veio à luz.

 

Uma vez mais temos algumas novidades sobre o futuro Codex: Space Marines que certamente vão causar frisson entre alguns jogadores e muita reclamação de outros.

 

Aparentemente a grande maioria dos últimos rumores veiculados por inúmeras fontes estão corretos (dentre elas o The Painting Frog aqui e aqui). O Codex é um livro impressionante com certa de 150 páginas (dizia-se originalmente que seriam 144) com uma rica seção em cores.

 

As novidades na seção de comando (HQ) são as seguintes:

 

Chapter Master: O mestre do capitulo tem mais de 20 opções de equipamento de batalha (Wargear) e acesso a um “Orbital Strike” que pode ser empregado uma vez por jogo (S10 e AP 1). Este seria semelhante ao poder disponível para os Witchhunters.

 

Librarian: O librarian terá liderança 10 (Ld 10) e uma página inteira devotada aos poderes psíquicos que podem ser escolhidos por ele. A grande mudança em relação a esse personagem é que o Psychic Hood agora terá um range de 24” só nulificando poderes psíquicos usados pelo inimigo dentro desse raio ao contrário da encarnação anterior das regras onde era possível anular poderes usados em qualquer lugar da mesa (Ouch! Tremenda nerfada).

 

Master of the Forge: O mestre da forja é um dos novos personagens especiais introduzidos no novo codex. Ele terá mesmo acesso ao temido Conversion Beamer, uma antiga arma da época do Rogue Trader reeditada para a nova edição. Em sua nova encarnação ela tem um alcance de 72” e o disparo da arma fica mais poderoso a medida que viaja até o inimigo. Ao final do alcance de 72 polegadas o diaparo atinge S 10, AP 1 e usa o blast pequeno para determinar os inimigos atingidos.

 

Chegamos a seção Elites:

 

Terminators: Os terminators estão disponíveis em unidades de 5-10 homens. Confirmou-se que para os terminators de assalto os Storm Shields conferirão um save invulnerável de 3+ contra TODOS os ataques (disparos e ataques em combate corpo a corpo).

 

Techmarines: Os techmarines tem um poder que permitem que o cover save de um terreno classificado como ruína na zona de deploy dos Space Marines seja melhorado em +1. Além disso ele tem acesso ao “Thunderfire Cannon” que é uma arma de artilharia e múltiplos modos de disparo, todos baseados em 4 blast templates pequenos. Um dos modos de disparo faz com que o alvo conte como estando em terreno difícil no turno subseqüente.

 

Honor Guard: A guarda de honra tem acesso as “Relic Blades” (Lâminas sagradas em uma tradução livre) que sáo power weapons que conferem +2 a força. O líder da unidade é o Campeão da Companhia (Company Champio) que é obrigado a direcionar todos seus ataques contra personagens independentes (Independent Characters) inimigos se possível.

 

Na seção de Tropas grandes mudanças capazes de fazer homens adultos chorarem.

 

Tactical Squad: Esta aqui a mudança que vai atingir em cheio grande parte dos exércitos existentes. As unidades podem ser compostas por 5-10 homens. As unidades de 10 homens tem acesso a armas especiais como Flamer/Multimelta/Missile Launcher/Heavy Bolter sem pagar pontos por elas (GRÁTIS). No entanto unidades de menos de 10 homens (5-9) NÃO PODEM comprar nenhuma arma especial ou pesada (CACETADA… Agora lascou tudo!).

 

Scout Squad: Os Scouts terão mesmo um decréscimo em sua habilidade de tiro e de combate (WS e BS 3). O Heavy Bolter da unidade tem a opção de ser municiado com Hellfire Rounds.

 

Land Speeder Storm: O Land Speeder atua como transporte para uma unidade de scouts e anula teleport homers e ícones (icons) inimigos a 6” dele. Inimigos esntrando em deep strike a 12” do Speeder aparentemente rolam dois scater dice para entrar em jogo (possivelmente escolhendo o pior resultado). Unidades inimigas assaltadas a partir dele (pela unidade nele embarcada) recebem -2 de liderança (Ld).

 

A nova regra universal pertinente aos marines sobre o qual tanto se especulou é a seguinte:

 

Combat Tactics: Permite que qualquer unidade no army falhe voluntariamente em qualquer teste de moral que venha a ser obrigado a fazer (Alguém se lembra do voluntary fall back???).

 

Outra grande novidade do novo Codex é a absurda quantidade de novos personagens independentes do livro dois dos quais tiveram as regras especiais divulgadas em Chicago.

 

O Shrike da Raven Guard por exemplo concede a todo o army a regra Fleet (que na 5ª. Edição permite que uma unidade assalte mesmo após ter corrido na fase de tiro) ao invés da “Combat Tactics”. Além disso ele tem a regra especial “Infiltrate” e os ataques de suas Lightining Claws tem “Rending”.

 

Pedro Kantor dos Crimson Fists confere a todo o army a regra “Stubborn” ao invés da “Combat Tactics”. Além disso num army que o inclua os “Sternguard Veterans” contam como “Scoring Units”.

 

Que tal? Embora tenha MUITA coisa legal as novas regras de Tactical Squads e Terminator Squads realmente me fazem quere chorar. No mínimo terei de modelar oito novos Ultramarines (em “True Scale”), não sei quantos Salamanders e pelo menos um novo Terminator pra cada uma de minhas unidades. Tremendo trabalho braçal pra “atualizar” o army. “C’est La vie” como dizem os franceses. E você? Achou o que das novidades?

 

Por hoje é só. Até a próxima.

 

Salve leitor!

 

Diversos rumores aparecendo de sorte que logo teremos várias novidades por aqui.

 

Eu já havia adiantado no Warhammerbrasil mas caso você tenha perdido a deixa por lá trago hoje novas acerca do concurso de pintura online sendo conduzido pelo fórum porteño devotado aos jogos da GW: WargameZ.

 

Diretamente do fórum (em uma tradução livre):

 

Segundo concurso de pintura online WargameZ.

 

Categorias:

 

          Melhor Personagem de Comando “HQ” (somente uma miniatura)

          Melhor Unidade (entre 3 e 10 miniaturas)

          Melhor Veículo / Criatura Monstruosa

 

Prêmios (Todos os prêmios são uma cortesia de HD comics & “Su Majestad Infernal”):

 

          Para melhor HQ: Uma miniatura de um Inquisidor para o jogo Inquisitor.

          Para melhor Unidade: Uma unidade de 6 miniaturas.

          Para melhor veículo / criatura monstruosa: Um rhino da HD comics.

 

Como participar:

 

Cada usuário registrado no fórum pode apresentar uma única miniature em cada categoria. Para fazê-lo ele deve subir o máximo de três imagens de cada miniatura participante no tópico apropriado a ser criado oportunamente. Para receber seu prêmio você deve apresentar sua miniature (se você mora no interior alguma forma vai ser criada para validar sua miniature provando que você mesmo a pintou e que a mesma não é uma foto tirada da internet).

 

O concurso acontece entre os dias 29 de julho e 12 de agosto período no qual as fotos das miniaturas participantes devem ser postadas no tópico apropriado.

 

Após esse período será criada uma lista com os “top tem” em cada categoria (se necessário) e em seguida os membros do fórum votarão para escolher as melhores miniaturas em cada categoria.

 

Como dizia no WHB esta me parece uma grande oportunidade para os pintores brasileiros mostrarem seus trabalhos à comunidade argentina. Dada a proximidade são grandes as chances de num futuro próximo as comunidades se freqüentarem em eventos realizados pela GW – Argentina ou pela GW – Brasil. Quem viver verá.

 

Sendo assim não perca mais tempo lendo. Saque os pincéis e vamos ao que interessa!

 

Grande abraço e até a próxima.

 

Hello there!

 

I’ll be adressing my english reading visitors first today. If you check my old blog here you’ll see that I’ve made a habit of writing both in English and Portuguese whenever I updated the blog (ok not every single time but I did my best). Since migrating my efforts to the blog here at WordPress I decided to pay a little more attention to the brazilian gaming community in the form of gaming articles aimed at them in our native language: Portuguese. You see not everyone down here speaks English or understands it well enough to follow the rumors and news from websites and forums out there, so I took it upon me to translate a few of those to keep the community down here informed.

 

I’m still writing bilingual updates like today whenever I feel the subject might be of interest not only to the Brazilian community but also to the few foreign visitors I have here like the Warmachine review and the event report on the EIRPG.

 

Which brings us to today’s topic: A hot online painting competition being held by the Argentinean based web forum WargameZ.

 

From their forum (in a free translation):

 

WargameZ 2nd online painting contest.

 

Categories:

 

          Best HQ character (1 model only)

          Best Unit (between 3 and 10 models)

          Best Vehicle / Monstrous Creature

 

Prizes (all prizes are a courtesy of HD comics & “Su Majestad Infernal”):

 

          For best HQ character: An Inquisitor model for the Inquisitor game.

          For best Unit: A Unit of 6 models.

          For best Vehicle / Monstrous Creature: A Rhino from HD comics.

 

How to take part:

 

Each registered user from the forum might present a single miniature / entry per category. To do so he must upload up to three images of each miniature / entry in the appropriate topic which will be created soon. To receive your prize you must present your miniature (if you live in the country some sort of way will be arranged to prove it is indeed a model painted by you and not a photograph stolen from the internet)

 

The contest runs from the 29th of July till the 12th of August period in which the pictures of the entrants must be posted in the appropriate topic.

 

After that time a “top ten” list will be created for each category (if necessary) and then the members of the forum will be able to vote for the best painted models in each category.

 

If you feel inclined to participate or would like to know more please check the appropriate topic on their forum (bear in mind it’s in Spanish).

 

Other than that I’d like to add it’s a pleasure having you around. Do check back soon.

 

Cheers.

 

Salve Leitor!

 

Lembra-se quando a um tempo atrás eu contei aqui no blog que o novo Apocalypse Reload traria uma variante do Baneblade que atuaria como transporte de tropas e que estaria armado com um “Vulcan Mega Bolter”?

 

Analisando a lista de conteúdo do livro que mostramos aqui semana passada chegamos por exclusão que essa variante é o Stormlord Super Heavy Tank. Nada de novo certo? Errado já que apareceram na internet imagens que mostram que se a Games-Workshop não vai lançar um kit completamente novo ela possivelmente pode lançar um sprue de conversão.

 

As imagens mostram uma vista aérea do tanque mostrando o compartimento de transporte na traseira e uma frontal da montagem do “Vulcan Mega Bolter”:

 

 

  

 

 

 

Por hoje e só. Até a próxima.

 

Salve Leitor.

 

Qualquer um que já tenha ido a um Games Day ou mesmo visto fotos de um desses eventos ao redor do globo pode ter percebido que o mote do dia é “Vamos impressionar!”.

 

Tudo no evento é grandioso, pensado pra que os freqüentadores exclamem “UAU” a cada nova coisa descoberta no evento.

 

Sempre são mostrados no evento os novos lançamentos assim como “sneak peeks” de projetos futuros, “artwork” fantástica, além de atividades como aquela onde milhares de “sprues” são postos sobre uma mesa pra que se monte e leve para casa sua miniatura.

 

É. “UAU”.

 

Outra coisa que sempre adiciona certo “glamour” ao evento são as reproduções em escala maior dos produtos da Games-Workshop.

 

Já foram vistos bolters, capacetes de space marines, banners de capítulos famosos e já se especula que no próximo Games Day UK haverá um Rhino em tamanho real com computadores em seu interior onde se poderá jogar Dawn of War II.

 

Ainda assim penso que muito pouco supera a inventividade dos caras da GW quando em 2004 em Birmingham na Inglaterra eles causaram frisson com um Baneblade rádio controlado.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sim. O monstro das fotos acima é um tanque rádio controlado. Isso não devia ser novidade pros leitores do blog já que há algum tempo atrás eu já havia mostrado as possibilidades com o Land Raider rádio controlado, possivelmente inspirados no Baneblade.

 

Importante frisar que, á época, o Baneblade era um kit produzido exclusivamente pela Forgeworld em resina (só recentemente a GW lançou o Baneblade em plástico), bastante caro e possuído por poucos o tanque tinha toda uma mística ao seu redor o que só contribuiu para os gritos ensandecidos da platéia quando o tanque entrou rodando no salão.

 

As fotos no dia do evento:

 

 

 

 

 

 

 

 

O tanque foi construído pela companhia Inglesa Mark 1 Tank. O chassis foi construído por um terceiro, aparentemente contratado pela Mark 1, na Rússia e posteriormente mandado para a Inglaterra onde foram realizados ajustes bem como instaladas partes elétricas e alguns dos sistemas de rádio controle do veículo. Depois disso segundo o site da companhia foi só partir pro abraço e comandar o veículo no evento mencionado em Birmingham.

 

Mais uma foto do Tanque (O cara na foto é o russo que contruiu o chassis):

 

 

 

 

Pra ler mais sobre o brinquedinho caro não deixe de conferir o relato do construtor e as duas páginas da Forgeworld devotadas ao tanque: Fotos e Construção.

 

Por hoje e só. Até a próxima.

 

Salve Leitor!

 

Tem um tempinho que falamos aqui no “The Painting Frog” sobre o novo livro que irá adicionar conteúdo à expansão APOCALYPSE do Warhammer 40.000 o “APOCALYPSE RELOAD”.

 

Naquela oportunidade detalhamos alguns dos strategic assests que estariam a disposição dos jogadores que tem exércitos da Guarda Imperial (se você perdeu o artigo confira-o aqui).

 

Hoje trazemos mais novidades acerca do livro “APOCALYPSE RELOAD” bem como confirmação de uma noticia que havíamos dado pela primeira vez no Warhammerbrasil.

 

Como já havíamos noticiado o “APOCALYPSE RELOAD” não reprisará nenhum conteúdo do livro original. O único material re-utilizado no livro são algumas datasheets originalmente publicadas online pela Games Workshop porém estas não chegam a totalizar metade das datasheets apresentadas no material, ou seja, tem conteúdo suficiente ali pra garantir a compra mesmo pelo mais reticente dos jogadores (penso que só o pronto acesso ao material originalmente disponibilizado na internet já é motivo suficiente para justificar a aquisição).

 

Para aqueles curiosos aqui está o sumário com todo o conteúdo do livro:

 

 

 

 

Não bastasse termos todas as datasheets que virão no novo livro apresentamos ainda a lista dos novos Strategic Assets específicos de cada exército introduzidos com o livro:

 

  • Universal: Replacements, Hammer Blow, Trophy Kill
  • Imperium: Disengage and Rearm, Holy War, General Staff
  • Imperial Guard: Defence Line, Strongholds, On My Coordinates, Tank Riders
  • Marines: Heroic Stand, Crusade Banner, Legion Relic
  • Orks: Da Big Waaagh, Effigy of Gork (or Mork), Mek Workshop, Rok’em Boyz
  • Tau: Darkstar Warhead, Icefire Warhead, Remote Drone Network
  • Eldar: Waygate, Phantasm, Eldritch Tempest
  • Tyranids: They’re All Around Us!, World Digestion, Spore Chimneys
  • Chaos Daemons: Blood Thirst of Khorne, Plaguestorm, Mirage of Tzeentch, Grand Pavane of Slaanesh, Major Possession
  • Necrons: Subvert Machine, Cannibalise Technology, Reconstruction Scarabs
  • Chaos Marines: Chaos Altar, Corrupt and Despoil, Indiscriminate Bombardment, Daemon Shell
  • Dark Eldar: Lords of Twilight, Strike of the Serpent, Webway Assault.

 

Dizem por ai que o asset “Plaguestorm” dos Chaos Daemons seria uma re-edição da “Virus Grenade” da 2ª. Edição. O strategic asset em questão seria uma espécie de ataque que após matar um inimigo pularia pra uma nova vítima e assim sucessivamente matando todas as miniaturas até que não reste nenhuma em “range” para que o ataque realize um novo “pulo” ou até que uma das vítimas sobreviva ao ataque.

 

Outro strategic asset do qual já se conhecem os efeitos é o Holy War das Sisters of Battle que confere as regras especiais “Rage” e “Relentless” para todas as sisters fora da sua área de inserção (deploy).

 

Alguns dos outros nomes atribuídos aos strategic assets soam conhecidos, mas é arriscado tentar predizer os efeitos práticos de cada um deles. Nos resta aguardar o lançamento do livro ou pelo menos novos rumores para sabermos do que trata cada um deles.

 

Agora o melhor noticia de hoje. Já tem um tempinho eu adiantei no Warhammerbrasil que rumores apontavam que possivelmente teríamos a aparição dos Primarcas nos campos de batalha.

 

Poderosos demais para jogos de Warhammer 40.000 normais eles certamente encontraram um lar em partidas de APOCALYPSE. Muito embora os primarcas dos capítulos leais ao Imperador estejam mortos ou desaparecidos grande parte dos primarcas que sucumbiram às promessas do chaos continuam vivos e a solta pelo universo.

 

Pois bem, o primeiro deles acaba de ser confirmado e fará seu “debut” nas páginas da White Dwarf em uma nova série de artigos intitulada “Liber Apocalyptica” e ele é ninguém menos que Angron dos World Eaters. Ele entrará em jogo acompanhado por um séquito de guarda costas. Seus guarda costas? 2-12 Bloodthirsters (escolhidos de acordo com as especificações do Codex Daemons). Ouch!!!

 

Além de Angron o artigo trará datasheets para um Submersível Ork (Ork Submersible) e para a Blood Angel Thunderhawk Assault Force (3 Thunderhawks, Lord Commander Dante e grande séquito de marines a tiracolo).

 

Angron, Daemon Primarch of the World Eaters:

 

 

 

 

 

É. Exciting times indeed!

 

Até a próxima.

 

*Updated: Atualizado para incluir a imagem completa do Angron (artwork)!

 

Salve Leitor.

 

Hora de dar um tempo no Warhammer 40.000 ou mesmo nos jogos da GW. É hora de falar da Privateer Press.

 

Qualquer jogador sério de Warmachine que não esteve morando em uma caverna nos últimos meses está a espera do próximo suplemento dedicado ao jogo aptamente intitulado Legends.

 

Com o Legends a PP cumpre a promessa de com cada novo suplemento elevar a barra de qualidade no que diz respeito aos seus jogos e desta vez ela o faz de maneira espetacular.

 

Legends introduzirá além de novos Warcasters, versões épicas de alguns Warcasters antigos (como o Supreme Commander Irusk), novos solos e mercenário, porém, a cereja do bolo a meu ver serão os “Epic Warjacks”.

 

Aparentemente esses novos Warjacks são versões únicas de chassis comuns que estão a serviço de determinado Warcaster a tanto tempo que chegaram a ser tornar indivíduos.

 

Até o presente momento temos confirmação de pelo menos 6 “Epic Warjacks” (ou “character Warjacks” como a PP optou por nomeá-los):

 

Para Cygnar teremos o “Thorn Light Warjack” e “Ol’Rowdy” um Ironclad.

 

Ol’Rowdy:

 

 

 

Para Khador teremos o “Beast-09” um Juggernaut e “Drago” um Berserker.

 

Beast-09:

 

 

 

Drago:

 

 

 

Para Cryx sabe-se apenas do “Cryx Nightmare Helljack” e para o Protetorado teremos o “Blessing of Vengeance Light Warjack”.

 

O Tabletop Gaming News já aponta o lançamento de algumas dessas peças para outubro.

 

Aproveitando o ensejo falemos de Hordes. Além dos Wajacks de Legends apareceram hoje também fotos de duas novas miniaturas pra Hordes, a primeira delas Saxon Orrik e um “minion” e a segunda um Cyclops Seer Light Warbeast. Como sempre as minis não são nada menos que espetaculares.

 

Saxon Orrik:

 

 

 

Cyclops Seer:

 

 

Deu vontade de jogar Warmachine de novo!

 

Até a próxima!

 

 

Hello there!

 

It’s been a while since I’ve last shown some loving to my English speaking readers around here on “The Painting Frog”. I’ll try to make amends today.

 

I’ve just gotten home from a 3.714 kilometers journey to attend Latin America’s biggest Roleplaying Game’s convention: The 16th EIRPG (International Role Playing Game Encounter) held in São Paulo on the 5th and 6th of July.

 

No I’m not changing the blog’s subject. I was once a roleplayer but this is still a wargaming blog. The reason I took the time to visit the 16th EIRPG is because it was there Games-Workshop made its debut to the gaming community in Brazil.

 

No, we don’t have GW stores around the country yet. GW’s games are going to be distributed in Brazil by Hobby Depot a Brazilian company whose focus so far had been the radio controlled models and whose owner, Mr. Djalma Araújo, believing in the potential of the market has decided to take up wargaming in its catalogue and thus selected the biggest company out there.

 

To handle business down here Hobby Depot has selected a personal friend of mine, Silvio Martins, whose years of expertise on the gaming and roleplaying game editorial market and knowledge of the wargaming hobby will surely prove useful in the years ahead. They couldn’t have chosen a more able person.

 

It just goes to prove it was a right choice that Silvio has delivered the most successful stand of this year’s EIRPG. Hobby Depot/GW’s booth was by far the biggest hit around. Crowded everyday round on the two days of the event people were literally elbowing each other for a chance of playing a demo game or two on one of the tables which showcase the three main games currently carried by GW: Lord of The Rings, Warhammer and Warhammer 40.000.

 

The booth:

 

 

 

 

 

The demo tables:

 

 

 

 

The painting table:

 

 

Another popular choice amongst visitors was the painting table, transformed in two tables on day two to accommodate the eager attendees which kept coming back for more, that presented everyone with a chance to paint his very own model and as an added bonus take it home as a gift.

 

At the end of the day the booth proved to be a huge success and delivered its objective which was to showcase GW’s games to an enormous public of potential hobbyists.

 

There were two international guests at the event. The first of them, Mr. Joaquim Meier from Argentina owns Warzone and is the exact counterpart in that country of Mr. Araújo and the Brazilian Hobby Depot, being in charge of representing and distributing Games Workshop’s products for gamers and retailers in the neighboring country.

 

The second of them was Mr. Ricard Fortun Martinez, a GW UK employee who is part of the retail team being in charge of Latin American markets the likes of Portugal and the aforementioned Brazil and Argentina. There was a huge hype going around when people first heard we were going to get a GW representative down here for the event. People where expecting the likes of GW’s employees who attend international events like Games Day and who would be willing to share on the future releases and showcase some models. None of that happened. Somehow Mr. Martinez seemed unwilling to divulge or discuss future releases for the hobby leaning on pre-made phrases when inquired about the future. “We don’t tell you what you want to know. We tell you what you need to know”. I understand he might not have been allowed to discuss anything down here but even the man himself, Jervis Johnson, is known to throw a bone around. Too bad he wasn’t here.

 

To make matters worse Mr. Martinez made it clear that the established fanbase in Brazil was not Games Workshop’s biggest concern, the company’s focus being bringing new hobbyists into the fold.

 

As disappointing as GW’s employee might have been it was still nice to see Mr. Martinez around. It shows GW is serious about doing business in Latin America and proves that we can expect solid support from the company, or it’s distributor down here, sometime soon. And it’s not all bad news for the established wargaming community as the Hobby Depot team made it clear that no matter what company policies dictate they do not intend to leave veterans forgotten.

 

Their support was clear during the event as they also held, concomitantly to the demonstration booth, tournaments for the Warhammer, Warhammer 40.000 and Lord of the Rings games all of which were a huge success.

 

Bear in mind Brazil is a huge country and travelling around it costs as much (or more) as it would cost for an American to attend Games Day UK or for someone to travel a round European countries. Add that to the fact that the gaming community here is scattered all over the country and you get the big picture: it’s not often we get to see each other down here. You can see how big an event like that is on the local scene.

 

Having said that I must mention it was a blast to meet old friends and make new acquaintances amongst the members of the Brazilian community (which gathers on the national forum devoted to GW’s games: Warhammerbrasil) who attended the event. That’s a big part of taking part in events and tournaments like this.

 

Not only did we have a gaming tournament but a painting competition was also held during the event, in which we had some tough entrants. I was amazed at the quality of the paintjobs displayed especially because good painting supplies are not readily available in Brazil. I entered the painting competition with a model in each of the three existing categories (Lotr, Warhammer and Warhammer 40.000 models). I didn’t have high hopes of winning, as I didn’t have much time to finish my entries so I was gladly surprised when I managed to win silver in the LoTR and Warhammer 40K categories and a gold in the Warhammer one. I was really happy when a longtime internet friend who I had met “in the flesh” for the first time there and who was in turn attending his first gaming event ever  snatched gold in the LoTR category with a marvelous Rohirrim Standard bearer.

 

The painting competition entries:

 

 

 

All in all the booth was a huge success being talked about by every single person who attended the 16th EIRPG. It showcased the true potential for the wargaming hobby in Brazil and can surely be interpreted as a sign of things to come. One can dream about having a Games Day –Brazil someday.

 

See you around soon.

 

Salve Leitor.

 

Acabo de retornar do 16º. EIRPG (Encontro Internacional de RPG) realizado pela DEVIR  onde pela primeira vez no Brasil tivemos a presença da Games-Workshop que entra agora no país comercializando sua linha de produtos através de uma distribuidora nacional.

 

O grande responsável pelo aporte da GW em “terras brasilis” é o importador e distribuidor “Hobby Depot”, cujo proprietário, Sr. Djalma Araújo, acreditou no potencial dos jogos de estratégia (wargames) no Brasil e contrariando antigas crenças encarou o desafio de distribuir as linhas Lord of The Rings, Warhammer e Warhammer 40.000 por aqui.

 

A Hobby Depot já vinha atuando no mercado de hobbies e modelismo desde 2003 e diversificando agora sua área de atuação abraça os wargames associando-se a maior gigante desse mercado. Para gerenciar a nova linha de produtos a empresa apostou no “know how”, competência e larga experiência na área editorial ligada ao entretenimento de um grande amigo, Silvio Martins, a quem incumbirá à divulgação e gerência das linhas de jogos da GW no país.

 

Depois de ter conferido em primeira mão o cometimento da empresa com o hobby acho que posso dizer que o futuro é sim bastante promissor.

 

De longe o stand montado pela Hobby Depot/Games Workshop foi o mais movimentado de todo o evento. No local instalou-se um verdadeiro tumulto durante os dois dias onde jogadores sequiosos se acotovelavam para experimentar partidas de Warhammer (“Battle for Skull Pass” capitaneadas pelo André “Zinho”), Lord of the Rings (“Mines of Moria” capitaneadas pelo Felipe “Ferrezuelo”) e Warhammer 40.000 (“Battle for Macragge” capitaneadas pelo Socrates “Peacecraft”) ou mesmo para experimentar a outra faceta do hobby pintando uma miniatura e levando-a para casa como um “mimo” oferecido pela empresa.

 

O Stand:

  

 

 

 

 

 

 Demo de Warhammer 40.000:

 

 

 

 

Demo de Warhammer:

 

 

 

 

Demo de LoTR:

 

 

 

 

Mesas de pintura:

 

 

 

 

Enquanto isso todo o time da Hobby presente ao evento dava um show no atendimento aos clientes, já demonstrando conhecimento do produto que trouxeram ao país, habilmente conduzindo as vendas enquanto os produtos, notadamente as caixas introdutórias ao jogo sendo demonstradas ali pertinho, voavam das prateleiras.

 

A única critica que podemos tecer aqui seria no sentido de que a empresa tivesse acreditado um pouco mais no potencial do evento diversificando ainda mais a linha dos produtos ali oferecidos. Produtos como codexes variados (livros de regras) tintas e pincéis disponibilizados individualmente foram ausências notadas não só pelos veteranos mas também pelos novatos interessados em adquirir tais produtos.

 

Concomitantemente as demonstrações do stand principal rolavam no anexo os torneios de Warhammer 40.000 (no sábado dia 5) e Warhammer e Lord of The Rings (no domingo dia 6) que atraíam tantos curiosos quanto o stand principal sendo que em determinado momento era impossível dissociar os dois espaços tamanho o fluxo de pessoas.

 

O Evento contou ainda com a presença de dois visitantes internacionais. O primeiro deles, Sr. Joaquin Meier/Warzone, é a contraparte Argentina do Sr. Djalma Araújo/Hobby Depot importando e distribuindo os produtos da Games-Workshop para lojistas daquele país. Lá como aqui o hobby parece estar em boas mãos e o Sr. Joaquin pareceu empolgado em mais ações futuras em conjunto com os brasileiros.

 

O Segundo convidado internacional foi o Sr. Ricard Fortun Martinez, funcionário da Games-Workshop UK e responsável pelas contas de países latino americanos, dentre eles Portugal, Brasil e Argentina.

 

A presença dos estrangeiros no evento se restringiu à circulação de ambos pelo stand de demonstração onde colaboravam na demonstração dos jogos e avaliavam o interesse das pessoas que adentravam o stand. Como pontuou um amigo foi legal ver os caras se esforçando pra falar português ao ensinar os jogos para os interessados.Além disso eles foram os responsáveis por julgar as miniaturas participantes do torneio de pintura. Infelizmente para aqueles que esperavam a presença de um representante da GW UK nos moldes daqueles que são enviados aos eventos realizados na Europa e nos Estados Unidos a presença do Sr. Ricard Martinez foi decepcionante. Embora tenha se declarado um hobbista ele se mostrou pouco propenso a discutir o hobby em si bem como novidades e futuros lançamentos com os veteranos que estavam presentes no evento. Talvez porque sua área de atuação seja justamente nos aspectos financeiro e logístico da empresa talvez por má vontade fato é que quando perguntado acerca de novidades futuras ele sacou uma resposta chavão “We don’t tell you what you want to know. We tell you what you need to know” (algo como “Nós (GW) só te dizemos o que nos interessa que você saiba”).

 

O mesmo Ricard Martinez deixou bem claro que o interesse da empresa nos novos mercados (Brasil e Argentina) é angariar novos jogadores. Segundo ele os veteranos de hobby não seriam o público alvo da empresa em um primeiro momento e não contribuem para a chegada da GW ao país. Tal posição nos causa estranheza vinda de um funcionário da Games-Workshop que organiza anualmente em todo o mundo um dos maiores eventos dedicado ao hobby e que tem por grande parcela de público os infames “veteranos”. Vai entender.

 

Ainda assim não há motivos para alarde já que o gerente de produto, Silvio Martins, bem como o próprio Sr. Djalma acenaram com a devida atenção aos veteranos brasileiros em suas ações futuras. Essa atenção é, a meu ver, a grande novidade do evento já que tanto o Sr. Djalma quanto Silvio deixaram clara a intenção de organizar e viabilizar a participação de hobbistas brasileiros não só em eventos da América Latina como também em outros países do mundo. Só empresta credibilidade o fato da empresa ter, a despeito de qualquer orientação contrária, com auxilio de colaboradores retirados da própria comunidade veterana o maior evento desse tipo já realizado pela GW na América Latina, bem como organizado e premiado um torneio direcionado aos veteranos no mesmo evento.

 

Penso que podemos creditar essa atenção ao público veterano à experiência prévia do Sr. Djalma Araújo. No aeromodelismo, como nos wargames, o cliente novo compra sim um primeiro kit para experimentar o hobby mas é o aeromodelista veterano que continua voltando para comprar novas peças e novos kits radio controlados. O mesmo acontece em relação aos jogos da Games-Workshop.

 

Falando do torneio acredito que o mesmo tenha atingido seu objetivo permitindo que todos os participantes se divertissem ao longo do evento. Foi muito legal rever os amigos do fórum brasileiro dedicado aos jogos GW (Warhammerbrasil) bem como conhecer diversas “caras novas” do cenário brasileiro.

 

Outra coisa muito legal dos torneios é que, com exceção de alguns armies de Warhammer parcialmente pintados, TODOS os exércitos apresentados no torneio estavam pintados. Fantástico.

 

  Foi recompensador ter participado do torneio de pintura realizado no evento e poder assistir o trabalho de grandes amigos como receber a atenção devida ao ser agraciado com prêmios. Merecem relevo o “debut” do Danilo “Dan” Peixoto que em sua primeira aparição “pública” levou nada menos que o ouro na categoria senhor dos anéis e o bronze na categoria warhammer 40.000 e o “Killa Kan” do Sócrates (um “scratchbuild” fantástico) que garantiu ao cara o ouro na categoria Warhammer 40.000.

 

Miniaturas inscritas no torneio de pintura:

 

 

 

 

A classificação final dos torneios realizados no evento foi a seguinte:

Warhammer.

 

Melhor General:

 

  1. João Marcelo “JM” – Wood Elves.
  2. Wodan – High Elves.
  3. Thomas “Tom” Gregory – Beasts of Chaos.

 

Campeão Geral:

 

  1. João Marcelo “JM” – Wood Elves.

 

Warhammer 40.000.

 

Melhor General:

 

  1. Daniel “SNK” – Eldar.
  2. Michel “Brastar” – Chaos Space Marines.
  3. Marcos “Mordechai” – Black Templars.

 

Campeão Geral:

 

  1. Luciano “Paintmaker” – Space Wolves.

 

Lord of The Rings:

 

Melhor General:

 

  1. Kazo – High Elves (12 pontos / 1001 Battle points)
  2. Tupinambá – Rohan (10 pontos / 648 Battle points)
  3. Guilherme – Isengard (10 pontos / 624 Battle points)
  4. Elderic – High Elves e Moria (4 pontos / 438 Battle points).

 

No torneio de pintura ficamos com a seguinte classificação:

 

Warhammer 40.000:

 

  1. Ouro – Killer Kan by Socrates “Peacecraft” Kentaro.
  2. Prata – Imperial Guard Ogryn by Estevão “Gereth”.
  3. Bronze – Dark Angels Librarian by Danilo “Dan” Peixoto.

 

Warhammer:

 

  1. Ouro – Dwarf Lord by Estevão “Gereth”.
  2. Prata – Mago High Elf by Luciano “Paintmaker”.
  3. Bronze – Mago High Elf by “Wodan”.

 

Lord of The Rings:

 

  1. Ouro – Rohirrim Standard Bearer by Danilo “Dan” Peixoto.
  2. Prata – Gollum by Estevão “Gereth”.
  3. Bronze – Rohirrim Rider by “Tupinambá”.

 

Pra não dizer que não houve novidades no evento cabe mencionar que foi demonstrada durante o torneio a nova “markerlight” da GW para a 5ª. Edição. Nada mais que uma laser pointer para ajudar a determinar a linha de visão (Line of Sight) o gadget conta com um suporte para apoiar no ombro da miniatura e projeta um alvo (crosshair) sobre o inimigo. Não é imprescindível mas com certeza é legal o suficiente pra garantir que teremos algumas circulando em eventos futuros.

 

No mais é isso. Acho que qualquer outra coisa seria repetir o que já foi dito, nos resta agora cruzar os dedos e esperar que a fantástica recepção aos produtos GW que pudemos assistir no stand do EIRPG se traduza em ainda mais jogadores e claro em ainda mais eventos do mesmo porte e brilho. E quem sabe sonhar com um Games Day – Brasil… Não custa nada não é?

 

A galera no final do evento:

 

  

 Até a próxima!