“Games Workshop’s Embargo – Part 7” or “Ivan Vanko said it all!”

Posted: 06/10/2011 in Comunidade, Games Workshop, Resenha, Resenha / Review
Tags: , , , , , , , , ,

“If you could make God bleed, people would cease to believe in him, there will be blood in the water, the sharks will come” – Ivan Vanko in Iron Man II.

 

Hello there!

 

It’s been a little over four months since we first broke out the word about Games Workshop’s embargo on sales to countries outside the European Union. The world has kept on spinning and despite all the raging, formal complaints, promises and veiled threats GW’s embargo still stands.

 

And how did it affect my hobby? Well I’ve been a wargamer for the biggest part of my adult life and, I must admit, a hardcore GW fan. No matter what the company threw my way, from price rises to expunging my existing armies from existence (or at least their rules), I kept coming back for more. Let’s face it, you don’t get to be king of the hill without delivering, and man, has GW delivered over the years. As new models rolled out there was no shortage of “Wow’s” from me (have you guys seen the latest batch of Ogre models? Wow!) but, since the embargo, I was forced to broaden my horizons and I firmly believe I’m not the only one.

 

After an embargo on sales of their products to dozens of countries, another price rise, a lame recast of its own models in resin (poorly done IMHO), and recent news of a lawsuit in which may finally bring down the IP castle GW has barricaded itself behind over the years it seems a lot of people are feeling neglected, if not downright angered, by a company who earned a really good share of our disposable income.

 

Well I’m happy to report it turns out there’s a lot of companies out there willing to treat their customers fairly and with respect and which are indeed delivering really good wargaming systems in which the game play is not only a lot better than the ones produced by GW but who also have very nice miniature lines and background stories to support their gaming systems.

 

That brings me to the reason for this post. As I said my horizons have been vastly broadened as I found out there are quite a few new wargaming systems around the block and the thought occurred to me: “Why not have a good time trying out new games and sharing my impressions about them with my readers?”. I’ve done so in the past and I feel the time is right to start doing so again. So expect a lot to come over the next few months as I try and review as many gaming systems and gaming products as I can lay my hands on.

 

+++

 

Opa! Salve Leitor.

 

Já faz alguns meses desde que publicamos nosso primeiro artigo sobre o embargo levado a efeito pela Games Workshop, proibindo empresas baseadas na Europa de venderem para países fora da União Européia, o que afetou significativamente a comunidade brasileira devotada aos jogos da empresa.

 

E qual foi o efeito do embargo no Brasil? Bom eu observo que o principal efeito na comunidade de modo geral foi no sentido de diminuir a popularidade dos jogos GW de modo geral, já que não se vêem mais jogadores apresentando e colecionando novos exércitos, ou mesmo comprando novos modelos para os exércitos que já possuem, com a mesma freqüência que ocorria a um ou dois anos atrás. Uma outra conseqüência do embargo é que mais jogadores tem diversificado suas escolhas. Um exemplo claro é o súbito crescimento em popularidade do jogo Flames of War por aqui.

 

E eu? Como esse embargo afetou a mim, você pode querer saber. Bom, antes de qualquer coisa acho pertinente, importante até, deixar claro que pela maior parte da minha vida adulta eu tenho jogado jogos de estratégia militar, ou simplesmente Wargames, e sempre dediquei uma grande, senão a totalidade, dos meus gastos e esforços aos jogos e modelos produzidos pela GW, em especial o Warhammer 40.000.

 

Sou um fã confesso do background e dos modelos produzidos pela empresa e vim acompanhando ao longo dos anos, com cada vez maios fascínio, o avanço da empresa a passos largos nesses aspectos do hobby. Nunca foi segredo para mim que há um bom tempo a Games Workshop não era lá a empresa mais devotada à satisfação de seus consumidores, talvez pela segurança proporcionada pela grande qualidade de seus produtos, talvez por interessar-se tão somente nos lucros e dividendos ao fim de cada ano. Fato é que a GW distanciou-se cada vez mais de seu público ao longo dos anos, mas nunca falhou em entregar modelos incríveis. E por muito tempo isso me bastou.

 

A despeito dos freqüentes aumentos de preço, de ter tido problemas comprado diretamente da empresa e de não concordar com diversas das políticas e decisões implementadas pela empresa eu continuei sendo um consumidor fiel, mas isso mudou desde o embargo. Não, eu não deixei de gostar do background, dos jogos, ou modelos da GW, muito pelo contrário, porém, ficou muito difícil comprar os produtos dela, e já que o meu suado dinheiro não parece fazer falta pra a GW o embargo me obrigou a expandir meus horizontes e procurar outras opções para satisfazer as necessidades do meu hobby.

 

E qual não foi minha surpresa ao descobrir toda uma pletora de jogos de estratégia, também com uma ambientação sci-fi, produzidos por companhias empenhadas não só em produzir um produto de qualidade, mas também na satisfação do seu cliente.

 

O que nos trás ao motivo do post de hoje. Tomei a decisão de experimentar novos jogos. Desde as resenhas do Hordes e Warmachine eu abordei poucas vezes outros jogos por aqui, o que pretendo remediar a partir de agora, compartilhando com os leitores aqui do “The Painting Frog” minhas impressões sobre esses jogos a medida que pinto, monto, jogo todos eles.

 

Então é isso! Em breve diversas novidades por aqui.

Comments
  1. Stahly says:

    Hi there!

    Have you already checked out my new hobby blog, Tale of Painters? I’ve joined forces with Sigur and Garfy, whose models you’ve probably seen in various forums or on the blog on GW.com. We’ve got tutorials, showcases, reviews and various projects going on, e.g. Garfy posts about assembling and painting a mighty Thunderhawk!

    We’ve also started a new Blog Network! Join by adding a Tale of Painters banner to your blog, and your newest posts will appear in the Network widget over at Tale of Painters! A great way to promote your blog and find new readers! On top of that, the crew at Tale of Painters keeps a close eye to the Network and will present the best posts in a post of their own!

    So come over and check out http://www.taleofpainters.com, I’d very glad about it😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s