Archive for June, 2012

 

Hey there Reader.

 

This is the Portuguese version of the battle report originally published in English here. Please check it out if you missed it.

 

See you soon. Over and out.

 

+++

 

Salve Leitor.

 

Não, ainda não tenho acesso regular à internet. Estou usando uma conexão 3G bem ruinzinha na tentativa de tentar manter as coisas funcionando aqui no blog. Na verdade eu já tinha editado e upado para o Photobucket (site que recomendo para hospedagem de fotos e posterior publicação na internet) as fotos que ilustram o artigo de hoje então foi só questão de sentar um pouco e escrever.

 

Já faz um tempinho desde que publiquei um Battle Report (relatório de batalha) aqui no blog. O último foi publicado somente em inglês já que uma versão em português foi postada no fórum Warhammer Brasil (ainda assim vou tentar remediar essa situação e postar aqui no blog também a versão em português). Sendo assim estava mais do que na hora de trazer para os leitores aqui do blog um novo relato de batalha no futuro sombrio do Warhammer 40.000

 

+++

 

Planeta Nimbus – Tamit IV.

Strata – Os Jardins de Ébano.

 

A brisa matinal soprava mansamente sobre os restos do que fora outrora uma movimentada cidade Imperial. O bombardeio orbital constante em um conflito prévio havia reduzido os arranha-céus habitacionais e os prédios do Administratum a pouco mais que entulho.

 

Os Jardins de Ébano haviam sido um dia, de acordo com o governador planetário Lord Hertz, a tricentésima vigésima Terceira maravilha Imperial, mas se resumiam agora ao palco de um massacre. As forças Imperiais sob o comando do Lorde Inquisidor Xerxerius haviam sido emboscadas e sistematicamente abatidas por uma facção renegada da Guarda Imperial. Alguns poucos bravos, liderados pelo 1º. Sargento Hermovitus da 1a. Falange Austral, conseguiram alcançar o prêmio pelo qual estavam lutando, um crio-tubo de contenção marcado com a inscrição “=][= Traitoris Extremis – Malek =][=”, apenas para serem reduzidos a cinzas e brasas quando as proteções hexagramicas colocadas sobre o crio-tubo entraram em ação prevenindo que os lacres que o selavam fossem rompidos.

 

Agora o precioso crio-tubo jazia em meio aos corpos e destroços daqueles que lutaram para reclamá-lo. A enorme forma humana dentro dele continuava inerte, aguardando enquanto sua malévola influência compelia outros a procurá-lo. Ele seria livre novamente. Tinha certeza disso.

 

Entrementes, saqueadores se moviam cuidadosamente pelas ruínas coletando qualquer coisa útil dos corpos daqueles que haviam morrido ali. Haviam também predadores mais perigosos vagando pelo campo de batalha, mas estes eram muito mais furtivos que os humanos maltrapilhos coletando restos e assim passavam desapercebidos até então. Vestidos com armaduras pintadas em vermelho vivo e ostentando o símbolo da gota de sangue alada dos Blood Angels estes soldados super humanos observavam a área usando seus magnóculos.

 

+++ Localizamos o pacote Capitão+++ Estamos marcando a localização na grade do mapa com designadores laser para o time de extração+++ Aguardamos novas ordens senhor+++

 

+++ Positivo+++ Time de Scouts Alfa proceda para seu ponto de extração+++ Assumiremos a partir daqui+++ Bom trabalho+++

 

+++

 

O Rhino avançando à frente da coluna diminuiu a velocidade estacionando na frente de um antigo armazém. Um segundo Rhino estacionou atrás do mesmo armazém oferecendo algum suporte aos Space Marines que formavam a ponta de lança da missão de extração.

 

As ordens haviam sido dadas pelo comandante geral das forças dos Blood Angels em ação no sistema Tamit Zaa, Capitão Manus, para verificar o sinal de socorro emitido por uma nave de transporte derrubada e recuperar qualquer coisa de valia dos destroços.

 

 

 

Próximo dali duas unidades de Black Templars, uma mistura de Iniciados e Neófitos, ocupavam posições no campo de batalha intentando conquistar o que julgavam ser um trunfo valioso para salvar o sistema Tamit de sua destruição iminente. A primeira unidade, comandada por um Marshal, decidiu ocupar a parte de trás de um bunker de plascreto enquanto a segunda unidade ocupava o que antes foi uma instalação de distribuição de água.

 

 

 

 

Reconhecendo a ameaça que os Black Templars representavam às ordens que havia recebido o capitão dos Blood Angels empregou suas forces em um assalto frontal às linhas inimigas.

A salvaguarda de informações vitais coletadas durante a missão prévia conduzida pelos scouts foi confiada a um par de veteranos, ocupando os sarcófagos de dois Dreadnoughts, e a uma pequena unidade de Space Marines de assalto. Uma unidade de Devastators que acompanhava a missão avançou rapidamente pelo campo da batalha ocupando um bunker ainda intacto adjacente ao armazém. Ao mesmo tempo um Baal Predator e um Predator Annihilator avançavam em direção aos Black Templars tentando usar as ruínas de outro bunker como proteção. Pelo centro um Land Raider, confiando em suas várias camadas de armadura de ceramita, avançava abertamente em direção ao esquadrão de Black Templars ocupando as ruínas da instalação de distribuição de água.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não tendo recebido qualquer resposta às suas tentativas de comunicação com as forças dos Blood Angels e percebendo que a situação rapidamente fugia ao seu controle o Marshal dos Black Templars ordenou aos seus comandados que engajassem o inimigo que avançava sobre suas posições ordenando que um de seus Land Raiders e um Predator Annihilator contra atacassem os Rhinos dos Blood Angels que avançavam velozmente contra a posição ocupada por seu centro de comando. No flanco ocidental um segundo Predator Annihilator adentrou o campo de batalha tendo em suas alças de mira o Baal Predator inimigo contra o qual abriu fogo, imobilizando-o e conseqüentemente anulando a ameaça apresentada pelas armas de curto alcance daquele tanque

 

 

 

 

 

 

 

Oe Predator utilizado para evitar o avanço dos Rhinos dos Blood Angels abriu fogo e conseguiu imobilizar o transporte que avançava mais à frente. O segundo Rhino foi assaltado e destruído por um esquadrão de assalto dos Black Templars que empregou suas bombas de melta com resultado devastador. O Rhino imobilizado pelo disparo do Predator foi então assaltado por uma unidade de Terminators de Assalto que havia desembarcado do Land Raider. Embora empregassem armas poderosas de combate os Terminators não conseguiram penetrar a armadura do veículo avariado.

 

 

 

 

 

Percebendo que seus irmãos de batalha estavam perigosamente ameaçados agora que seu transporte fora destruído os Space Marines embarcados no Rhino Imobilizado desembarcaram e prepararam-se para uma contra carga. Duas unidades de Space Marines de Assalto e um Capitão dos Blood Angels engajaram-se em combate corpo a corpo contra um esquadrão de Terminators liderado pelo Emperor’s Champion e um esquadrão de assalto dos templários. No ferrenho embate que se seguiu os Black Templars abateram mais inimigos, incluído ai o malogrado Capitão , e assim a unidade que o acompanhava recuou do combate deixando o esquadrão de Assalto para enfrentar sua sina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os Templários ainda possuíam forças para comprometer em batalha e assim um de seus Dreadnoughts despencou dos céus abordo de um Drop Pod, emergindo da cápsula de inserção ainda fumegante e abrindo fogo cerrado contra os Blood Angels que recuavam. Os Terminators de Assalto abateram os últimos remanescentes da unidade de Assalto e avançaram em direção às ruínas ocupadas pelo inimigo.

 

 

 

 

Em outro lugar do campo de batalha reforços dos Blood Angels se fizeram presentes na forma da legendária Sanguinary Guard que entrou na batalha com o claro intento de remover os Templários Negros da posição que ocupavam e tomar os dados recuperados no local da queda da espaçonave. O Land Raider dos Blood Angels finalmente alcançou seu objetivo despejando seus passageiros, uma unidade de Terminators, sobre os Black Templars que desde o inicio do combate ocupavam as ruínas da instalação de distribuição de água.

 

 

 

 

 

A Sanguinary Guard começou a disparar contra a unidade do Marshal que até então havia permanecido incólume atrás do grande bunker. Enquanto isso os Terminator dos Blood Angels lutavam contra os Black Templars em meio às ruínas sem no entanto obter muito sucesso.

 

 

 

Após perder o restante dos seus Terminators de Assalto para o fogo concentrado dos Devastator entocados no pequeno bunker o comandante Templário transmitiu ordens para que o Land Raider avançasse sobre a posição do inimigo no armazém destruído.

 

 

Mais reforços dos Blood Angels chegam na forma de um Land Speeder.

 

 

 

 

Apesar das imensas baixas infligidas pelos Black Templars os Blood Angels continuavam lançando-se contra o inimigo com fúria redobrada. Tendo sido deslocado do objetivo que guardava desde o inicio do combate o Comandante dos Templários Negros percebeu a completa inutilidade daquele combate. Não havia glória, honra, ou causa maior a ser defendida ali, somente o desperdício ignóbil das vidas preciosas de soldados dos Adeptus Astartes.

 

+++ Atenção forças dos Templários Negros+++ Aqui fala seu comandante, Marshal Adon+++ Desengajem-se das unidades dos Blood Angels e reagrupem no ponto de encontro combinado +++

 

+++E o objetivo senhor?+++ Estamos próximos de deslocar os Blood Angels de sua posição e dominar o campo de batalha +++

 

+++Eu dei uma ordem piloto+++ Desengajar de imediato +++ Eles lutaram duro para manter seu prêmio, deixem que façam bom uso dele +++

 

+++

 

Bom, é isso. Acabei não tirando fotos dos momentos finais da batalha, mas como dá pra perceber os Blood Angels conseguiram arrancar uma vitória nos últimos turnos da partida ao puxar a unidade dos Black Templars que conquistava o objetivo deles e manter o controle do seu próprio objetivo.

 

Talvez isso tenha algo a ver com o fato de no final do jogo eu ter assumido o controle dos Templários já que o Valter teve de ir embora antes do final da partida. Pessoalmente culpo os próprios Black Templars que possuem uma regra especial chamada, salvo engano, “Righteous Zeal” que os obriga a , sempre que sofrem uma baixa em virtude de disparos do inimigo e passam meu teste de liderança, avançar em direção à unidade inimiga mais próxima.

 

Isso os torna muito vulneráveis a serem “fisgados” e puxados pelo inimigo de posições vantajosas ou objetivos que estejam ocupando no jogo.

 

Ainda assim uma boa partida e uma merecida vitória do Ton e seus Blood Angels que não desistiu e permaneceu aguerrido até o final da partida.

 

Até a próxima.

 

+++

 

Hello Reader.

 

It might sound strange to you seeing me posting stuff here on the blog after having just complained I had no internet access right? Well, I have had today’s post in the pipes for a while, just hadn’t had the time to sit down and write it before the move. Even the pictures had already been uploaded to Photobucket so it was only a matter of sitting down and writing the article. Yes, the internet is still down here but I’m using a horrible 3G connection to try and keep things running. Let’s see how long that’ll work.

 

Wee, it’s been a while since I last published a Battle Report here on the blog, and since the one featuring my Eldar against Ton’s Blood Angels seems to be one of the favourite posts here on the blog it’s only fair enough I give you more epic combat in the grim, dark future of Warhammer 40.000.

 

+++

 

Planet Nimbus – Tamit IV.

Strata – The Ebony Gardens.

 

The early morning breeze blew over the leftovers of what was once a thriving imperial city. Constant orbital bombardment on an earlier engagement had reduced the sky high hab-buildings and Administratum palaces into little more than rubble.

 

The Ebony Gardens which were once, according to the planetary governor Lord Hertz, the three hundredth twenty third marvel of the Imperium were now the stage of a massacre. The Imperial forces led by the Lord Inquisitor Xerxerius had been ambushed and systematically butchered by imperial renegades. A brave few, led by First Sergeant Hermovitus of the first Austral Phalanx, managed to reach the prize they were fighting over, a crio tube marked as “=][= Traitoris Extremis – Malek =][=”,  only to be reduced to cinder and ash as the powerful hexagramic protections put in place over the crio tube worked to prevent it from being opened.

 

Now the prized crio tube lay amidst the corpses and wreckage of those who fought to reclaim it. The huge human form within stood still, biding his time as his nefarious influence compelled others to him. He’d be free again. He was sure of it.

 

Meanwhile hidden amongst the ruins scavengers moved cautiously picking up anything salvageable from the corpses of those who had died here. There were more deadly predators stalking the battlefield, but these were a lot stealthier than the human dregs and went unnoticed thus far. Dressed in bright red armour and donning the winged blood drop symbol of the Blood Angels chapter these super human soldiers scanned the area using their magnoculars.

 

+++ We’ve located the package Captain+++ We’re marking its location on the grid with laser designators for the extraction team+++ Awaiting further orders sir+++

 

+++ Acknowledged+++ Scout team Alfa proceed towards your extraction site+++ We’ll take it from here+++ Good Job+++

 

+++

 

The marine pilot of the foremost Rhino let the engine of the vehicle power down to an idle humming as it stopped in front of an old warehouse. A second Rhino stopped advancing behind the same warehouse offering some measure of support to the brother spearheading the extraction mission.

 

 

 

Orders had been issued by the Blood Angels’ Taskforce Commander on Tamitzaa, Captain Manus himself, to verify the distress signal from a crashed transport ship and recover anything of value. Apparently there were other parties interested in recovering what they were after

 

Close by two units of Black Templars, a mix of Initiates and Neophytes occupied positions on the battlefield intent on securing what they believed was a valuable asset on the fight to save the Tamit system from impending doom. The first of them, led by a Marshal, chose to occupy the rear of a miraculously intact plascrete bunker while the second unit occupied the ruins of what was once a water distribution facility.

 

 

 

 

Recognizing the threat posed by the Black Templars to the completion of his assigned mission the Blood Angels’ captain committed his forces to a head on assault on the Templar forces.

The safeguard of vital information gathered by the early deployment of scouts was entrusted to a pair of veterans entombed in Dreadnoughts and a small squad of Assault Marines. A squad of Devastators which accompanied the extraction mission deployed quickly into the battlefield occupying a bunker adjacent to the warehouse. At the same time a Baal Predator and a Predator Annihilator advanced towards the Black Templars trying to use the ruins of another bunker to gain cover. A Land Raider, trusting its layers of ceramite armour advanced openly towards the Black Templar squad occupying the ruins of the water distribution facility.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Having received no answers to his attempts to communicate with the Blood Angel force a d realizing the situation was quickly spiralling out of control the Black Templar’s Marshal also committed his accompanying forces to battle deploying a Land Raider of his own, an Assault Squad and a Predator Annihilator to counter the advancing Blood Angels’ Rhinos which threatened his position. On the western flank another Predator Annihilator advanced onto the battlefield taking aim on the Baal Predator, shooting, and finally immobilizing the enemy tank thus nullifying the threat posed by its short ranged weaponry.

 

 

 

 

 

 

The Predator deployed to counter the Blood Angels’ advance opened fire and managed to immobilize one of the Rhinos. The Second Rhino was assaulted and destroyed by the Black Templars’ Assault Squad which employed its melta bombs to deadly effect. The immobilized Rhino was assaulted by a squad of Assault Terminators which disembarked from the Land Raider. Despite their powerfull weaponry the Terminators were unable to dispose of the damaged Rhino.

 

 

 

 

 

Seeing their brethren were perilously threatened the Space Marines aboard the remaining Rhino disembarked and prepared a counter charge against the Black Templars. Two squads of Assault Marines and a Captain of the Blood Angels engaged in close quarters against a squad of Terminators led by The Emperor’s Champion and an Assault Squad. In the vicious fight which ensued the tally reaped by the Templars was higher, including the ill-fated Blood Angels’ Captain, and the squad that acted as his retinue fell back leaving the Assault Squad from the destroyed Rhino behind to face their destiny.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

The Black Templars still had forces to commit to battle and a Dreadnought dropped from the skies aboard a Drop Pod peppering the retreating Blood Angels with a fusillade of shells. The Terminators finished off the Blood Angel Assault Squad and advanced towards the enemy occupied ruins.

 

 

 

 

Elsewhere on the battlefield Blood Angels’ reinforcements arrived in the form of the legendary Sanguinary Guard which arrived with firm intend of removing the Black Templars from their cache of retrieved data from the crash site. The Blood Angels’ Land Raider also disgorged its terminator upon the Black Templar Squad occupying the ruins of the water distribution facility.

 

 

 

 

 

The Sanguinary Guard started firing upon the Marshal’s squad behind the bunker while the terminators from the Blood Angels fought the Black Templars amidst the ruins.

 

 

 

After losing the remaining Terminators to the Devastators fire the Black Templar Marshal voxed an order to the Land Raider that advanced towards the Blood Angels entrenched on the warehouse ruins.

 

 

More Blood Angels reinforcements show up in the form of a Land Speeder which aims to arrive in a position to threaten the Black Templars objective but scatters away.

 

 

 

Despite the immense punishment inflicted upon them by the Black Templars the Blood Angels still kept coming. After being displaced of the objective it had been protecting the Marshal realized the folly of fighting a fellow astartes chapter. There was no glory here, no greater cause being pursued, only the wasting of precious soldiers lives.

 

+++ To all Black Templar forces+++ This is Marshal Adon+++ Disengage from the Blood Angels’ forces and regroup at our set rally point+++

 

+++What about our objective sir?+++ We’re close to dislodging the Blood Angels and securing the battlefield+++

 

+++That was an order pilot+++ Disengage immediately+++ They fought hard to keep their prize, let them have it+++

 

+++

 

And I guess that’s it. As you can tell the Blood Angels won this game pulling a victory on the last few turns after being pummelled by the Black Templars during most of the game. Perhaps me assuming captaincy over the Black Templars had something to do with this. The fact remains that due to their special rule which demands they advance towards the enemy after suffering a wound (and after passing a Ld test) Black Templar squads make for very poor objective holders.

 

Over and out.

 

+++

Hello there Reader!

 

No, I can’t blame good old Diablo III this time. As it turns out I’ve moved houses once more and thus have been bogged down by the inevitable packing, unpacking and sorting out those petty details of everyday life.

 

One thing I haven’t been able to sort out thus far is internet access. According to the broadband provider there are no available ports (or something like that) so they unilaterally rescinded a more than 8 year long contract. Go figure right?

 

So, for the time being, I have very limited access to the internet and thusly the blog might see even fewer updates than the usual few I’ve been posting over the last couple of months butplease bear with me through these difficult times as I believe what’s down the pipe right now will be worth your time.

 

Over and out.

 

+++

 

Salve Leitor.

 

Não, dessa vez nem posso me dar ao luxo de culpar o Diablo III. Na verdade quisera eu estar jogando Diablo III!

 

A verdade é que nas duas últimas semanas eu me mudei e acabei ficando enrolado com todo o processo de empacotamento em um lugar e desempacotamento em outro assim como resolver as coisas do cotidiano como contas, contratação de serviços e cancelamento dos vínculos na cidade em que morávamos. Fato é que me desenrolei a contento dessas tarefas com exceção do perrengue que tem sido conseguir acesso à internet.

 

Após um contrato de mais de oito anos contínuos a OI unilateralmente e sem dar qualquer satisfação cortou meu acesso à internet alegando não haver disponibilidade do serviço em virtude de estar no limite. Tá bom. Pergunto eu onde ficam meus direitos como consumidor? Ainda mais quando a supracitada empresa é a única provedora de acesso à internet de banda larga da cidade.

 

Só sei que nessa de não ter acesso regular a internet o blog anda sofrendo e eu fico atazanado querendo entrar aqui e publicar as coisas nas quais tenho trabalhado. Enfim, o post de hoje é mais para dar uma satisfação a vocês e tão logo eu tenha solucionado esse problema com a internet retorno com a programação normal por aqui.

 

Novidades em breve! Até logo.

 

+++