Hello Reader.

If you live abroad you probably know a couple of clubs devoted to gaming right? From what I understand in some foreign countries the associative spirit is encouraged from an early age, starting in schools which promote many “interest clubs” ranging from book clubs, debate clubs and math teams to varied hobby clubs and gaming clubs.

It’s no secret that clubs have a great social aspect not only promoting the interaction between members, and the opportunity to exercise their common interest, but also being a reassuring factor to members showing that no matter how “weird” your hobby/personal interest may be, there’s others out there who share your passion, even if it’s sock sniffing (ok, there might not be clubs around for THAT!).

Well, for some reason I can’t fathom clubs are not that common in Brazil. We do have tennis clubs pretty much everywhere (go figure right? Every small town I’ve lived in for the last 8 years had one) with their inevitable tennis courts and swimming pools, and we do have some schools which encourage its students to form student councils but the hobby clubs are almost non-existent in schools.

So it should come as no surprise to you that gaming clubs are a recent innovation in the hobby scenario in Brazil but fortunately more and more wargamers around the country are feeling the need to associate and clubs are appearing all over the country. We went from a single club scenario, the now extinct “Martelo de Guerra” (“Warhammer” in English) in Rio de Janeiro, to a multi-club one in the space of a few years.

Today we have clubs like “BOS – Bomb of Slaanesh” in the city of Sao Paulo; “Warhound” in Rio de Janeiro; “Tropas Polares” (“Polar Troops” in English) in Curitiba; “Campinas at War” in Campinas and  the “CGW – Clube Gaucho de Wargames” em Porto Alegre.

The latest addition to that roll is the “CPW – Clube Paulista de Wargames” (“Wargaming club of Sao Paulo” in a free translation) which started its activities back in June 2012 innovating the club scenario in Brazil as it is, currently, the only club with its own clubhouse in which encounters of its members are promoted and in which future events and tournaments may be held.

Sporting gaming tables and assorted scenario pieces for many gaming systems visiting the “CPW” club is a must if you’re a wargammer in Sao Paulo or only passing through. They even sport a painting area where members can work on their armies while sharing good laughs and the atmosphere, so if you feel like dropping buy send the guys from “CPW” an email at: cpwargames@gmail.com.

To wrap this up I’d like to congratulate the guys involved in the “CPW” initiative wishing them, and every other club out there, live long and prosper in service of the hobby!

Finally I’d also like to thank my good mate Andre “Streem” (from the ReLOAD vlog) who gave me permission to use his photographs of the club, that illustrate this post, and to replicate his video about the club’s set up.

Over and out

+++

Receiving the keys to the clubhouse / Recebendo as chaves da sede.

All assembled and ready for gaming / Tudo montado e pronto pra jogatina.

The painting workspace / A área de pintura.

Mordheim table / Mesa de Mordheim.

Mordheim Table / Mesa de Mordheim.

Mordheim table / Mesa de Mordheim.

Mordheim table / Mesa de Mordheim.

Flames of War (FoW) table / Mesa de Flames of War (FoW).

FoW – German soldiers advancing / FoW soldados alemães avançando.

FoW – Allied casualties / Fow – Baixas aliadas.

FoW – Advancing under enemy fire / FoW – Avançando sob fogo inimigo.

Warhammer 40.000 table / Mesa de Warhammer 40.000.

Warhammer 40.000 table / Mesa de Warhammer 40.000.

40K – Into the fires of battleunto the anvil of war / 40K – Para o fogo da batalha até a bigorna da guerra.

Warhammer 40.000 table / Mesa de Warhammer 40.000.

40K – Carnage amidst alien ruins / 40K – Carnificina em meio a ruínas alienigenas.

40K – Drop pod assault / 40K – Assalto com drop pod.

+++

Salve Leitor.

Dia desses estava conversando com algumas pessoas não iniciadas no hobby de wargames e colecionismo de miniaturas e dentre outras coisas destaquei o forte aspecto social do hobby já que ao contrário de outras atividades (hobbies) de forte aspecto introspectivo (como a leitura, a filatelia e a numismática, para citar alguns exemplos) nos jogos de estratégia é necessário no mínimo um oponente contra quem jogar.

Além disso, a interação com outros adeptos do hobby promove a troca de experiências e pontos de vista sobre os mais variados assuntos inerentes a esse universo. Não importa se você é um aficionado pelo aspecto tático do jogo, pela pintura das peças, ou pelo background ficcional do jogo: O contato com outras pessoas vai promover o intercâmbio de ideias e enriquecer sua apreciação pelo hobby.

E para fomentar essa interação nada melhor do que associar-se a um clube de jogos. Por muito tempo essa prática tão comum no exterior foi deixada de lado aqui no Brasil, mas há algum tempo jogadores em todo pais vêm se agremiando para promover encontros entre jogadores e organizar torneios. O primeiro clube a surgir no Brasil foi o já extinto “Martelo de Guerra” na cidade do Rio de Janeiro e desde lá esse caminho vem sendo trilhado por novas agremiações em todo Brasil. Temos hoje o “BOS – Bomb of Slaanesh” em São Paulo/SP; o “Warhound” no Rio de Janeiro/RJ; o “Tropas Polares” em Curitiba/PR; o “Campinas at War” em Campinas/SP; o “CGW – Clube Gaúcho de Wargames” em Porto Alegre/RS.

Pois bem, o cenário nacional acaba de ganhar mais um clube na cidade que se consolida como um polo de jogos de estratégia no Brasil: O “CPW – Clube Paulista de Wargames” iniciou suas atividades em São Paulo/SP em junho de 2012. Constituído por um núcleo de jogadores da capital paulista o “CPW” inova no cenário brasileiro por ser o primeiro clube com sede própria onde promove os encontros de seus membros e possivelmente sediará eventos e torneios futuros organizados pelo clube.

A sede conta com mesas de jogos dos mais variados sistemas, e um sem número de cenários para decorá-las, bem como uma bancada de pintura onde os associados podem trabalhar em seus exércitos.

Interessados em associarem-se podem contatar os membros do clube através do seguinte email: cpwargames@gmail.com.

No mais é isso! Vida longa e próspera aos clubes brasileiros e que continuem fomentando o desenvolvimento do hobby por aqui. Meus parabéns aos amigos envolvidos na iniciativa do “CPW” e meus votos de boa sorte.

Pra finalizar queria agradecer ao André “Streem” (do vlog ReLOAD) que permitiu que eu usasse suas fotos do clube para ilustrar o artigo de hoje, assim como permitiu que eu replicasse aqui seu episódio do ReLOAD sobre a mudança do clube para sede.

Até a próxima.

+++

Comments
  1. peacecraft says:

    pretty fancy stuff! great article Gereth!

  2. streem says:

    Really nice article Estevão! It’s really nice to see people recognizing the work of our group! Thanks bro! Long live wargaming in Brazil!

    VAI CPW!

  3. Silvio says:

    Obrigado pela divulgação e que isso sirva de inspiração para muitos outros grupos de jogo, temos um longo caminho a percorrer mas cada passo tem sido uma grande aventura. Vale lembrar que o clube não surgiu do dia para a noite e tudo o que temos lá são frutos dos trabalhos individuais e coletivos dos membros que possuem em média 10 anos ou mais de hobby.🙂

  4. Fábio says:

    Bem sacado que existem outros tipos de clube que oferecem muito menos retorno ao associado do que os de wargaming. É um patrimônio e comunidade para os veteranos e uma ferramenta de entrada e apoio aos novatos!

  5. ToN says:

    Muito legal o post… o clube ta de parabéns!! ta tudo muito legal!! tinhamos que marcar um encontro nacional😉 abraço

  6. lukas says:

    olá gostei muito do club de vcs, interessei em duas miniaturas que vi no warhammer brasil, e a pessoa que estava vendendo deu esse site deu o site como referencia. As duas são
    1x Belial convertido com Thunder Hammer/ Storm Shield
    1x Librarian Terminator Armour
    Link: http://www.warhammerbrasil.com.br/viewtopic.php?f=25&t=5011&sid=3b1a0ef772c056bcf39bd740a5e91c47
    E gostaria de saber se vc tem elas em mãos e se vc vende elas separados. E mais uma pergunta vcs por acaso vende miniaturas orks estou atrás de algumas para fortalecer minha horda eu estou atrás dos killa kans ou ghazghku

    • gereth says:

      Oi Lukas!

      Obrigado por acessar o blog cara. Esse artigo sobre o CPW é uma resenha sobre a abertura do clube em SP apresentando-o para os leitores aqui do blog.

      O contato do clube é o seguinte: cpwargames@gmail.com.

      Sobre as miniaturas que você comentou aconselho entrar em contato diretamente com o vendedor através do fórum Warhammer Brasil, seja por mensagem privada ou através de resposta diretamente no tópico. Outra opção é escrever pro André “Streem” no email pessoal dele (andradesantosandre@gmail.com), lembrando desde já que o vendedor das miniaturas só ofereceu o lote completo do exército e, até onde eu sei, não oferece as miniaturas para venda individualmente.

      Para comprar as miniaturas dos Orks recomendo o site da própria GW (www.games-workshop.com) ou a loja Diver de Portugal (www.diver.pt).

      Abraço e boa sorte.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s