Archive for the ‘rumores’ Category

Salve Leitor!

Temos uma rápida atualização hoje com mais algumas fotos do Games Day Baltimore que aparentemente haviam escapado do nosso primeiro post sobre o evento.

Já havia comentado no post anterior que a GW mostrou em Baltimore diversos modelos que integrariam sua linha para colecionadores (Collector’s Range) destacando os modelos que comporiam essa linha para o 40K.

Como não poderia deixar de ser existe também uma linha de colecionadores devotada ao Warhammer da qual algumas miniaturas também puderam ser vistas em Baltimore. Dessas de longe a mais interessante para um jogador de Warhammer 40K são os “Ammo Runts” que podem ser facilmente empregados por qualquer Warboss do 41º. Milênio.

Além dos “Ammo Runts” foram mostrados em Baltimore um Clérigo Imperial, uma miniatura chamada “Ratcatcher” (Apanhador de Ratos) e uma peça representando a infame regra “Animosity” dos Orcs.

Outra coisa legal que foi vista pela primeira vez nesse Games Day foi uma das peças em que a Forgeworld estaria trabalhando para compor o pacote de upgrades para o kit plástico do Trukk Ork produzido pela GW. É só um motor, mas dá uma boa idéia do potencial dos upgrades.

Temos ainda uma foto mais próxima do Warboss Ork da nova caixa básica do 40K. Esculpido por ninguém menos que Seb Perbet a miniatura impressiona por ser um modelo “Snap Fit” (mais fácil de montar e com menos peças) e ainda assim possuir imensa quantidade de detalhes e personalidade.

Outra do Games Day que tem deixado jogadores e colecionadores mundo afora ensandecidos é a miniatura do Azhag The Slaughterer. “AZHAG THE SLAUGHTERER?!?” É… Na época em que foi lançado o army book Orcs & Goblins para o Warhammer surgiram rumores acerca de uma espetacular miniatura do Azhag montado em seu Wyvern. Aparentemente seriam só rumores já que tempos depois ela ainda não foi lançada certo? ERRADO!!! A miniatura foi realmente esculpida e é ESPETACULAR, porém problemas com a reprodução da base no molde teriam evitado que ela fosse lançada. Especula-se que a GW estaria trabalhando em uma nova base para finalmente lançar a mini. Espero que sim pois como vocês podem ver a miniatura é realmente espetacular.

E por fim a outra estrela do Games Day. Se existe justiça nesse mundo essa miniatura tem que ser lançada já que é o dragão mais legal que a GW já fez. Compareceu ao evento a escultora Trish Morrison em cujo display se encontrava o dragão das fotos a seguir. Para desespero de muitos (eu incluso) ela teria afirmado ter esculpido o dragão “for fun” e que ele nunca seria lançado. Outros começama a afirmar que ele seria um lançamento futuro da Collector’s Range de Warhammer. Resta esperar pra ver.

Até a próxima!

* Algumas das fotos utilizadas para ilustrar este artigo foram utilizadas sem autorização de seu proprietário. Some of the photos used to ilustrate this article were used without the consent of its owner.

Salve Leitor.

 

Acho que estou devendo uma atualização sobre a contraparte fantástica do Warhammer 40K por aqui. Vamos então falar de Warhammer Fantasy, ou só Warhammer como é conhecido lá fora, aqui no The Painting Frog e pra começar nada melhor do que mostrar os novos Dark Elves.

 

O relançamento desses impiedosos elfos é iminente (o novo army book sai agora em agosto/2008 ) e marca a revisão das regras e linha de miniaturas para a nova edição do Warhammer (7ª.).

 

O Games Day Baltimore realizado no fim de semana passado foi a grande vitrine onde finalmente puderam ser vistos a grande maioria das novas miniaturas, inclusive algumas até então mantidas em segredo pela Games-Workshop.

 

Além das miniaturas, que mostraremos daqui a pouco, algumas novas regras do novo army book foram exibidas publicamente pela primeira vez (ao comentar uma lista exemplo) o que destaco agora:

 

  • A Feiticeira pode ser equipada com a “Sacrificial Dagger” (Adaga de Sacrifícios) que permite que ela sacrifique um membro de sua unidade para receber um “power dice” adicional a cada tentativa de conjurar uma magia. Todos os usuários de magia dos Dark Elves sabem a magia “Power of Darkness” (poder da escuridão) que confere ao mago D3+1 “casting dice” adicionais. Embora os Dark Elves possuam tão somente um mago a combinação dessas duas regras permite uma fase de magia poderosa. O item Seal of Ghrond confere ao seu portador um “dispel dice” adicional.
  • A Death Hag (Bruxa da Morte) é uma lutadora ofensiva. Seus dois venenos “Manbane” e “Black Lotus” permitem que ela sempre fira o inimigo com 3+ e que ela re-role os dados de ferimento (to wound) que tirarem 1.
  • O Caldeirão de Sangue aumenta a efetividade em combate de qualquer unidade aliada a até 24 polegadas de distância de diversas maneiras. A mais importante delas é fazer com que quaisquer unidades de Witch Elves, Assassins e Executiones (Kainite units)a até 12 polegadas do Caldeirão sejam “Stubborn”.
  • As Witch Elves são uma unidade que pode amarrar unidades inimigas e que possuem considerável poder em combate corpo a corpo já que cada uma delas tem três ataques envenenados (quatro com ajuda do Caldeirão de Sangue), no entanto, elas são vulneráveis ao fogo inimigo.
  • A Black Guard é uma unidade de elite resistente nesse army. Eles também são “Stubborn” (Obstinados em uma tradução livre) e podem re-rolar os dados para acertar (to hit) em close combat.
  • A War Hydra é uma criatura que causa terror e regenera os wounds sofridos (“Terror” e “Regeneration” special rules) com 7 ataques de força 5 e uma breath weapon de força 5.
  • Repeater Bolt Throwers são máquinas de guerra flexíveis capazes de disparar um único virote que penetra ranks causando D3 wounds ou uma saraivada de 6 tiros. Junte a isso a habilidade balística(BS) de 4 dos elfos que a manejam e o fato que a máquina de guerra ignora a regra de múltiplos disparos (multiple shots) e você terá uma peça de artilharia confiável e mortal.

 

Com base nos rumores que tem pipocado a algum tempo internet afora, combinados com os fatos que começam a surgir podemos ver que o novo army dos Dark Elves vai ser bem rápido e com um excelente “punch” em close combat e, embora não seja um army excepcional no que diz respeito a magia ele certamente terá como se defender dos ataques mágicos inimigos.

 

Vamos agora ao que interessa: as fotos das novas miniaturas.

 

Dreadlord:

 

 

Supreme Sorceress:

  

 

Assassin:

 

 

Lokhir Felheart: 

 

 

Dreadlord montado em Cold one:

 

 

Sorceress montada em Cold One:

 

 

Cold One Knight Musician:

 

 

Cold One Knight:

 

 

Corsair Standard Bearer:

 

 

 

 

Corsair:

 

 

 

 

 

Corsair Musician:

  

 

War Hydra:

 

 

 

 

No mais é isso. Até a próxima e como diz um amigo: Viva o Fantasy!!!

Salve Leitor.

 

O final de semana foi bastante revelador no que diz respeito ao futuro dos dos principais jogos da Games Workshop. Aconteceram no fim de semana passado dois eventos de grande importância para o hobby, nos Estados Unidos o Games Day Baltimore 2008 e em Nottingham na Inglaterra rolou o UK’s Design Studio Open Day (“dia aberto do estúdio de design da Inglaterra” em uma tradução livre). Combinados esses dois eventos produziram mais novidades do que de costume e causaram frisson na comunidade mundial.

 

Diretamente de Nottingham foram importantes algumas confirmações e novidades tais como a informação de que as regras de “Combat Patrol” e “Kill Team” não foram inclusas no novo livro de regras da 5ª. Edição e a noticia de que a White Dwarf será agora controlada de Lenton/UK padronizando a publicação mundialmente (e assim evitando a “anarquia” nas palavras de Rick Priestley) o que aparentemente resultará em uma revista com mais conteúdo devotado ao hobby (com mais artigos de modelismo) e ao jogo (com mais regras publicadas na revista).

 

Ainda no campo das políticas da empresa, acenou-se em Nottingham com mudanças na política da GW no que diz respeito ao suporte aos exércitos/raças de seus jogos. Até então a companhia tentava lançar junto com cada codex o número máximo de miniaturas possível e então indo adiante em seu calendário de lançamentos, e segundo alguns abandonando os armies até uma futura revisão. A partir de agora, como já está sendo implementado com os novos Orks, novos lançamentos para cada um dos armies surgirão periodicamente (já cogita-se fazer Plague Bearers e Horros em plástico futuramente).

 

Ainda em Nottingham foi confirmado para 2009 o lançamento de uma versão de “Mighty Empires” para o 40K. Foram mostradas peças em resina especificas do 40K (já que as de Fantasy são facilmente adaptáveis ao sistema futurista da GW e com as quais as novas peças serão completamente compatíveis) com peças representando linhas de defesa, espaço portos, bunkers e até mesmo uma cidade colméia (Hive City) composta de várias partes.

 

Acerca de novos e futuros lançamentos tivemos confirmação de que os Dark Eldar estariam recebendo sua devida parcela de carinho (Codex e Miniaturas estariam prontas) e que a revisão de suas miniaturas se assemelharia aquela levada a cabo quando do relançamento dos Wood Elves para Fantasy (onde toda a linha foi revista). Definitivamente os Dark Elves não receberão o tratamento dado aos Squats.

 

Tivemos ainda a grande novidade de que a Legião dos Mortos (Legion of The Damned) foi incluída no novo Codex Space Marines (stats normais de veteranos com as regras gerais universais “FEARLESS” e “SLOW AND PURPOSEFUL” além de suas regras específicas que lhes confere um save invulnerável de 3+ e os obriga a sempre começar o jogo em reserva e entrar no campo de batalha através de “DEEP STRIKE” podendo re-rolar o scatter dice). Além da página contendo as regras da Legião temos ainda páginas mostrando o STERNGUARD VETERAN SQUAD; VANGUARD VETERAN SQUAD e KOR’SARRO KHAN capitão da 3ª. Companhia dos White Scars.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O livro Apocalypse Reload trás novos datafaxes como a Torre de Crânios de Khorne (Khorne Tower of Skulls), Torres de Praga (Plaguetowers) e, diferente do primeiro, não é um livro de capa dura.

 

 

 

 

E pra mim a noticia mais triste de Nottingham: Nenhuma nova raça no futuro imediato já que, segundo a companhia, dar suporte às raças existentes já é bastante trabalhoso.

 

De Baltimore as noticias sobre os jogos da GW foram mais ou menos as mesmas vindas de Nottingham com alguns adendos.

 

A apresentação de Baltimore foi capitaneada por ninguém menos que Jervis Johnson e Phil Kelly que em seu seminário detalharam o novo livro da 5ª. Edição discutindo pormenorizadamente cada uma das três seções do mesmo (Background; Hobby e Rules).

 

Sobre o Background: Ambos os palestrantes teriam discursado bastante sobre a importância do background (AKA fluff) para o jogo já que é o fluff quem dá às partidas uma razão de ser. Sendo assim a intenção com o novo livro era propiciar aos jogadores em um só livro a maior quantidade de fluff possível. Isso culminou em cada raça tendo uma seção própria onde é detalhada a perspectiva daquela raça sobre o 41º. Milênio. O foco narrativo do fluff trazido no livro estaria situado no período de tempo entre a Heresia de Hórus (Horus Heresy) e o momento atual, porém não foram confirmados os rumores acerca do estado conturbado da galáxia e do mal funcionamento do trono dourado (Golden Throne) o que evidenciaria um avanço na linha do tempo do jogo. O livro teria ainda detalhes suficientes para garantir horas de boa leitura não só aos novatos, mas também aos veteranos e pistas acerca do futuro do jogo estariam no livro.

 

A parte devotada ao hobby trás segundo os relatos fotos de miniaturas pintadas. Discute-se nessa parte do livro as diversas formas de apreciação do hobby de sorte que o livro tenha apelo a todos os entusiastas do 40K. Essa seção teria ainda fotos de exércitos que ilustrariam um army temático, um army para torneios e um army para campanhas.

 

Quando discutindo a seção de regras os palestrantes confirmaram que as mudanças nas regras (já detalhadas aqui no blog) têm por objetivo conferir ao jogo um feeling mais cinemático. Essas mudanças obrigariam ainda os jogadores a escolher armies mais balanceados e com foco na mobilidade Aparentemte assaltos serão agora mais brutais e sangrentos.

 

Outra boa novidade de Baltimore versa acerca da “Collector’s Range” da GW que, para o 40K, incluirá um air caste pilot, kroot shaper (mostrado aqui), um capitão Blood Angel, um Space Wolf com bolter e um Space Wolf com Lightning Claws (ambos mostrados aqui).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No que diz respeito às fotos de novas miniaturas o evento foi um tanto pobre, mas ainda assim revelador já que apareceram os arquivos em CAD de alguns lançamentos futuros como o Land Speeder transporte de Scouts (cuja arte você já havia conferido aqui no blog), o Dreadnought de cerco e, a meu ver a novidade mais importante, um Battlewagon Ork evidenciando que o sucesso de vendas do Baneblade garantiu projetos futuros (rumores tem apontado para uma Thunderhawk, Valquíria, Vulture, Trigon e até mesmo um Stompa Ork como lançamentos em plástico pretendidos para o futuro pela GW).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sem mais delongas vamos ao restante das fotos.

 

Thunderfire Cannon e Techmarine:

 

 

 

Space Marine Veterans:

 

 

 

 

Ork Warboss da caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Space Marine Captain da caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Sprue da nova caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Por hoje é só pessoal! Até a próxima!

 

Salve Leitor.

Está sentado? Não? Talvez seja melhor você se sentar já que estou para desnudar diante de seus olhos a caixa preta da 5a. Edição do Warhammer 40.000.

Acabam de cair na internet dois documentos produzidos pela Games-Workshop: Um deles é o Guia de Referência Rápida (Quick Reference Chart) da 5ª. Edição o outro um flyer direcionado aos jogadores especificando quais são as principais inovações nas regras da nova edição.

Como não poderia ser diferente o “The Painting Frog” traz uma vez mais a versão traduzida do mais revelador desses documentos. Sem mais delongas vamos à ele:

Linha de Visão (Line of Sight):

·         A quinta edição do Warhammer 40.000 usa a “linha de visão verdadeira” (True Line of Sight) O que significa que se suas miniaturas podem ver um alvo (e estão na distancia necessária) eles podem atirar nele.

·         Modelos na própria unidade do atirador não bloqueiam a linha de visão quando estes atiram contra um alvo uma vez que foram treinados para ficar fora da linha de fogo uns dos outros.

·         Se os modelos do alvo estão parcialmente obscurecidos por terreno eles ganharão um “cover save” cujo valor é determinado pelo tipo do “cover”/terreno: 6+ para arame farpado ou cercas de tela; 5+ para grama alta, arbustos e cercas; 4+ para florestas, árvores, trincheiras, crateras, sacos de areia, destroços etc (este é de longe o tipo mais abrangente) e finalmente 3+ para fortificações.

·         Se as miniaturas da unidade alvo estão parcialmente obscurecidas por outra unidade (amiga ou inimiga) a unidade alvo receberá um “cover save” de 4+

Corrida e Corrida para unidades com a regra “Fleet” (Running and Running with Fleet Units):

·         Na fase de tiro as unidades podem optar por “Correr” ao invés de atirar.

·         Se uma Unidade escolhe “Correr” na sua fase de tiro ela pode se mover até o valor máximo d6 polegadas em qualquer direção.

·         No entanto unidades que escolherem “Correr” na sua fase de tiro NÃO PODEM realizar um assalto na fase de assalto.

·         Se uma unidade possui a regra universal especial “Fleet” então ela pode escolher “Correr” na sua fase de tiro E podem ainda realizar um assalto na fase de assalto.

Alocação de Ferimentos (Wound Allocation):

·         Na quarta edição os jogadores cujas unidades sofreram ferimentos na fase de tiro podiam escolher quais modelos eram retirados da unidade após os saves terem sido realizados. Isso significava que eles efetivamente podiam proteger sargentos e soldados armados com armas pesadas ou de assalto do fogo inimigo o que acarretava situações problemáticas como grandes unidades de Orks escondendo um Nob intocável com sua “power klaw”.

·         Na quinta edição os ferimentos são alocados antes que os saves sejam rolados e cada modelo da unidade DEVE sofre um ferimento antes que uma miniatura possa sofre um segundo ferimento. Se algum modelo na unidade for diferente (armas, estatísticas ou saves diferentes) eles devem rolar os saves em separado (ou com um dado de cor diferente por exemplo).

Assaltos sem Reservas (All Out Assaults):

·         Na quarta edição um jogador podia optar por assaltar dois ou três modelos de uma unidade inimiga, matando-os e não deixando ninguém em condições de contra atacar. Isso possibilitava que sargentos ou soldados com armas especiais fossem abatidos impunemente e pior implicava em grandes unidades sendo forçadas a fugir por unidades muito menores.

·         Na quinta edição quando todas as miniaturas da unidade que realizou o assalto tiverem terminado de engajar base a base as miniaturas da unidade assaltada as miniaturas desta unidade DEVEM se mover até 6 polegadas para engajar o maior número possível de miniaturas da unidade que realizou o assalto.

·         Note que a regra universal especial “COUNTER ATTACK” (contra ataque) também mudou. Ela agora confere um ataque bônus (+1A) para a unidade que foi assaltada desde que ela passe em um teste de liderança (Ld).

Consolidação (Consolidation):

·         Na quarta edição uma unidade tinha a possibilidade de ao destruir uma unidade em combate corpo a corpo consolidar em contato base a base com uma nova unidade evitando assim que fosse alvejada por tiros no turno seguinte. Isso possibilitava que grandes linhas de tropas estáticas fosses moídas por unidades relativamente pequenas de especialistas em combate.

·         Na quinta edição unidades que vençam em combate corpo a corpo e consolidam só podem se mover a até 1 polegada de distância de um modelo inimigo. Isso impedirá que personagens poderosos ou pequenas unidades de especialistas em combate corpo a corpo decimem com facilidade as tropas inimigas dispostas em linha.

 

Armas de Estilhaço e Armas de Template (Blast Weapons and Template Weapons):

·         A principal mudança para armas de Ordnance, Blast e Templates é que não existem mais hits parciais. Se um modelo seu é tocado pelo template ele foi atingido!

·         Na quarta edição disparar uma Blast Weapon implicava em posicionar o template de sorte que o furo central ficasse sobre uma miniatura inimiga e rolava para atingir. Se você errasse nenhum dano era feito.

·         Na quinta edição disparar uma arma de blast implicará em posicionar o template de sorte que of uro central fique sobre uma miniatrua inimiga rolando-se então um dado de “Scatter” (desvio) e 2D6 (dois dados de seis faces). Se você tira um “HIT” o tiro atingiu o alvo. Se você rola uma seta o template é movido na direção apontada o total de polegadas determinado pela soma dos dois dados de seis faces menos a habilidade balística (BS) do modelo que efetuou o disparo. Isso significa que contra grandes unidades você tem boas chances de sempre atingir pelo menos um modelo.

Além de esmiuçar as principais alterações nas regras o folheto trás ainda as implicações 5ª. Edição para cada um dos exércitos do Warhammer 40.000:

 

CHAOS DAEMONS:

·         A grande quantidade de tropas entrando em jogo através de “Deep Strike” poderá capturar objetivos fundamentais para a vitória com facilidade.

·         Unidades de assalto como Greater Daemons e Daemon Princes agora poderão “Correr” e assim chegar até o inimigo mais rapidamente.

·         “Correr” também permitirá que as unidades dispersem após entrarem através de “Deep Strike” oferecendo assim maior proteção de Template Weapons.

CHAOS SPACE MARINES:

·         Marines do Chaos e “Daemons” propiciam muitas tropas com as quais se pode capturar objetivos.

·         “Correr” e transportes mais resistentes farão com que especialistas em combate corpo a corpo cheguem até o inimigo mais rapidamente.

·         Armas de template como os Missile Launchers dos Havocs, Plasma Cannons dos Obliterators e Battle Cannons dos Defilers serão mais efetivos em atingir alvos múltiplos já que não existem mais hits parciais.

DAEMONHUNTERS:

·         Terminators Grey Knights poderão entrar em jogo através de “Deep Strike” de forma a contestarem objetivos e com as regras mais amenas de “Deep Strike” se correrá menos risco de perder uma unidade cara em pontos em uma rolagem de dados infeliz (Vide tabela de Deep Strike no guia de referência rápida).

·         Como unidades que assaltam veículos sempre atingem na armadura traseira os Grey Knights com suas Nemesis Force Weapons (+2 de força) podem danificar praticamente todos os veículos que puderem alcançar.

·         Os tiros de Storm Bolter dos Grey Knights oferecem poder de fogo confiável enquanto eles se movem. Esses tiros podem ser aplicados à unidades pequenas de sorte a forçar armour saves nas miniaturas armadas com armas especiais.

DARK ELDAR:

·         Os transportes dos Dark Eldar serão muito mais seguros já que glancing hits serão menos perigosos e os passageiros sofrerão menos dano quando seus transportes sáo destruídos.

·         As novas regras para unidades intervenientes permitirão que unidades de Warriors ou Scourges protejam outras unidades do exército.

·         As Wyches contarão como tropas no exército Wych de Lilith Hesperax o que possibilitará que elas capturem objetivos e, como apontado, a chance de receberem um cover save de unidades amigas intervenientes amplia muito suas chances de sobreviverem sem diminuir sua mobilidade.

ELDAR:

·         Como os transportes serão menos perigosos para os passageiros Falcons e Wave Serpents serão melhores para transportar tropas.

·         Como veículos também receberão cover saves em relação aos tiros inimigos quando obscurecidos o poder psíquico “Fortune” passará a afetar veículos aumentando ainda mais a sobrevivência de veículos Eldar.

·         Avatares e Warithlords poderão “Correr” permitindo que chegeuem mais rapidamente até o inimigo.

IMPERIAL GUARD:

·         Lança mísseis, lançadores de granadas e morteiros serão muito mais eficientes contra formações muito próximas já que os erros nos disparos dessas armas atingirão a proximidade das unidades alvo e não existirão mais hits parciais de template weapons.

·         O inimigo não poderá mais consolidar assaltandosuas unidades de sorte que sua linha não sofrerá quando uma unidade inimiga atingir suas forças.

·         As novas regras de linha de visão darão as armas pesadas aglomeradas mais alvos em quem atirar.

NECRONS:

·         Como Glancing Hits não terão mais chance de explodir o Monolito ele será ainda mais difícil de destruir.

·         A regra melhorada de “InFiltrate” permitirá que os Flayed Ones cheguem ao compao de batalha pelo flanco inimigo.

·         Como poderão “Correr” os Necrons poderão efetivamente montar uma força de assalto.

ORKS:

·         Com as novas regras de linha de visão Grots poderão uma vez mais ser usados para dar cover aos Orks conferindo a estes um save de 4+.

·         Quando terminarem de proteger os Orks os Grots poderão se ocupar em conquistar/contestar objetivos.

·         “Correr” e transportes mais resistentes permitirão que a infantaria, Killa Kanz e Deff Dreads cheguem mais rapidamente até o inimigo.

·         Com as novas regras de veículos Kustom Force Fields darão aos Killa Kanz e Deff Dreads um cover save de 4+.

SPACE MARINES:

·         Rhinos e Razorbacks serão mais resistentes e raramente serão destruídos por glancing hits.

·         Dreadnoughts poderão “Correr” para acompanhar Rhinos e Marines de Assalto.

·         A “linha de visão verdadeira” conferirá aos devastators maiores campos de fogo.

TAU EMPIRE:

·         Os inimigos não mais poderão consolidar em um novo assalto, assim as linhas de tiro de Fire Warriors não poderão ser aniquiladas por uma única unidade de combate corpo a corpo.

·         Com tantos cover saves sendo aplicados na 5ª. Edição o modificador negativo cumulativo (-1) para cover saves fornecido pelos tiros de marker lights são um recurso valioso para abater unidades em cover.

·         Fire Warrios montados em Devilfish serão excelentes unidades para conquistar objetivos e garantir a vitória.

TYRANIDS:

·         Um Broodlord e os Gnestealers que o acompanham (retinue) poderão entrar em jogo pelo flanco do oponente e assaltar no turno em que entram em jogo.

·         Com a “lverdadeira linha de visão” criaturas menos importantes poderão proteger mais efetivamente as criaturas sinapse da Hive Mind.

·         Carnifexes poderão “Correr” e chegar até o inimigo mais rapidamente.

WITCHHUNTERS:

·         Flamers e Heavy Flamers são muito mais pdoerosos agora já que não existirão mais hits parciais de template weapons.

·         “Correr” e transportes mais seguros farão com que fique mais fácil aproximar-se do inimigo para usar os bolters, flamers e meltaguns das Sisters of Battle.

·         As novas regras de linhas de visão fornecerão aos Exorcistas diversos alvos.

Coisa pra caramba não? Muito o que pensar. Cabe apontar que por mais que as mudanças em cada army pareçam simples e até mesmo óbvias, uma leitura cuidadosa do que cada uma das alterações implicará para os exércitos do 40K abre uma gama de possibilidades para o jogador mais veterano.

Para fazer o download dos dois PDFs (folheto e Guia) siga os links:

Quick Reference Guide.

5th Edition Changes.

Até a próxima.

Salve Leitor!

Um dos rumores persistentes, mesmo sendo repetidamente desmentido por alguns membros da comunidade global, sobre o novo Codex Space Marines dava conta de que os Scouts teriam uma opção exclusiva de transporte: Um Land Speeder adaptado para esse fim.

Eis que hoje temos uma confirmação cabal de que o transporte realmente será incluído no novo Codex na forma de um desenho (artwork), aparentemente de uma White Dwarf futura, mostrando o novo land speeder:

Quem sabe todas as novas opções e miniaturas para os Scouts façam destes uma visão mais comum nos campos de batalha brasileiros.

Até a próxima.

Olá Leitor.

 

Se você é um dos adeptos do Warhammer 40K já sabe a esta altura do campeonato que o jogo está para mudar.

 

Uma vez mais a Games Workshop revisita o set de regras do jogo atualizando para uma nova roupagem, sua quinta edição, já popularidada como “5th Edition” e como de costume lançará uma nova caixa introdutória ao jogo, que não deixa de ser de grande valia aos veteranos, desta feita chamada “The Battle for Black Reach”.

 

A nova caixa básica do Warhammer 40.000 tentará repetir a fórmula de sucesso introduzida com a caixa introdutória da 4ª edição chamada “The Battle for Macragge” trazendo além de miniaturas, réguas, dados e cenários uma vez mais o “livrinho” de regras (uma versão resumida contendo apenas as regras sem os capítulos devotados ao hobby e ao background do jogo). Essa fórmula foi tão bem sucedida com o “Battle for Macragge” que para não boicotar suas vendas do livro de regras da 5ª edição (como ocorreu na 4ª) a Games Workshop venderá a caixa básica somente em setembro após o lançamento do Warhammer 40.000 5ª edição em 12.07.2008.

 

Muito se especulou acerca do conteúdo da nova caixa básica no que diz respeito as miniaturas que nela seriam inclusas. Hoje já se sabe com certeza quais são as forças com que Orks e Space Marines disputarão as batalhas de Black Reach.

 

Os Space Marines terão um capitão, um dreadnought, um esquadrão de terminators com 5 homens e um esquadrão tático de 10 homens.

 

Os Orks terão a sua disposição um Warboss, duas unidades de Shoota boyz, uma unidade de Nobz e uma unidade de 3 Deathkoptas.

 

Todas essas miniaturas são de plástico e, supostamente, seriam mais fáceis de montar como aquelas da caixa “Battle for Macragge”.

 

Eu já havia publicado algumas fotos no fórum Warhammer Brasil mas havia falhado com os leitores aqui do blog. Remedio a minha falha trazendo hoje as fotos originalmente publicadas acrescidas de mais algumas.

 

Primeiramente as fotos originalmente publicadas no Warhammer Brasil:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As novas fotos mostrando as miniaturas da caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

 

Até a próxima.

Salve leitor.

A medida que nos aproximamos do lançamento da 5ª edição e do novo Codex Space Marines que seguirá no encalço desta mais e mais rumores são confirmados em relação aos “emperor’s finest”.

Relatamos em post recente grande parte das novidades pertinentes ao novo codex de sorte que hoje são poucas as novidades.

Aparentemente o novo Codex tem por foco os chamados “Chapters of Legend” (capítulos legendários): Ultramarines, Imperial Fists, White Scars, Raven Guard, Salamanders e possivelmente oustors dois capítulos sucessores (2nd founding – um deles sabidamente os Crimson Fists, sucessores dos Imperial Fists).

Seguindo o destaque dado pela 5th edition às tropas em geral (troop choices contam como scoring units até o último homem) aparentemente o novo codex Space Marines recompensará o uso de esquadrões completos (unidades com 10 Space Marines) de alguma maneira. Além disso o Codex Space Marines contará com um force organization chart próprio para escolha das tropas.

Os lança chamas montados nos sponsons laterais do Land Raider Redeemer são super heavy flamers com estatisticas superiores ao Inferno Cannon.

O personagem Sergeant Chronus dos Ultramarines é um upgrade para veículos de heavy support. Ele confere sua habilidade balistica (BS 5) ao veículo e pode sobreviver à sua destruição (daí o porque da miniatura a pé).

As miniaturas de veteranos, já mostrados aqui no blog, são da chamada Sternguard. Eles contam com habilidade balistica superior (BS 5) aos veteranos atuais e têm acesso à munição especial.

O Sargento scout Telion é um upgrade para uma unidade de scouts. Ele tem como habilidade a possibilidade de conferir a outro scout da unidade (um scout armado com heavy bolter ou lança misseis por exemplo) a sua habilidade balistica (BS 6).

Assim que mais novidades aparecem você certamente as encontrará aqui. Até a próxima.

CARACOLES!!! Eu já tinha mostrado aqui no blog a foto do novo drop pod em plástico que vai ser vendido a partir do lançamento do novo codex revisado dos Space Marines. Bom… hoje a Internet trouxe algo que vai explodir a cabeça de vocês leitores aficcionados ou não pelos marines:

Capa do novo Codex:

Ultramarines Sergeant Chronus:

Ultramarines Scout Sergeant Telion:

Ultramarines Captain Sicarius:

Chapter Master Pedro Kantor of the Crimson Fists:

Space Marine Techmarine with Thunderfire Cannon:

Space Marine Scout Bikers:

 

Space Marine Land Raider Redeemer:

Space Marine Veterans:

Space Marine Assault Squad:

Space Marine Drop Pod:

O futuro realmente parece promissor para os Space Marines!!

Até a próxima!

UPDATE!: E as novidades não param. Confirmando os rumores aparentemente o Sargento Chronus dos Ultramarines pode mesmo ser usado a pé ou comandando um veículo:

 

Olá leitor.

 

Rumores abundam na internet acerca da iminente nova edição do 40K seguida de perto pelo novo Codex dos Space Marines. Ontem apareceram relatos de pessoas que, supostamente, teriam tido o novo Codex Space Marines em mãos, ainda quentinho recém saído das impressoras, confirmando diversos boatos que circulavam a alguns meses.

 

Aparentemente o novo Codex Space Marines tem 144 páginas e foi escrito por Jervis Johnson e Matthew Hoggard. A arte da capa retrataria uma vez mais os Ultramarines e o Codex conteria ainda uma seção devotada a cada um dos capítulos de maior renome, nos moldes do Codex Eldar, mas, sem nenhuma regra especifica para tais capítulos em termos de jogo. Eles são afinal de contas CODEX CHAPTERS obedecendo assim aos ditames gerais do Codex Astartes.

 

Como previsto anteriormente o novo Codex introduz aos Space Marines em geral a regra “Combat Squads” introduzidascom os Codexes dos Blood Angels e dos Dark Angels que permite que você divida umaunidade de 10 marines em dois esquadrões de combate de 5 homens cada. Além dessa os relatos apontam para uma nova regra geral aplicável aos marines chamada “Combat Tactics” (especula-se que essa regra permitiria aos Space Marines realizar o “fall back” voluntariamente e que veteranos poderiam assaltar no mesmo turno em que entram em “Deep Strike”), novas regras para os Drop Pods (mostrado recentemente aqui), e nos moldes do Codex Chaos Space Marines todos os marines teriam acesso gratuito a “Frag Grenades”, “Krak Grenades” e “Bolt Pistols”. A regra de traits não estará mais presente no Codex.

 

Falando especificamente das unidades a disposição dos Marines temos alterações que farão muitos chorarem e outros exultarem de alegria. Techmarines por exemplo ganham uma nova regra chamada “Thunderfire”. O Master of The Forge (mestre da forja) tem novamente um “Conversion Beamer” (a sexta arma de cima para baixo – para aqueles que, como eu, só jogaram a partir da 3ª edição e não conhecem a arma segue uma rápida descrição: o “Conversion Beamer” é uma arma pesada que dispara uma rajada de energia que transforma a matéria do alvo em ainda mais energia. Dessa maneira ele é tão efetivo contra alvos grandes como é contra alvos pequenos. Entretanto a arma devia ser mantida firme quando disparada impossibilitando seu uso em movimento. O Beamer foi excluído das regras na época da publicação da 3ª edição do Warhammer 40.000). Veteranos em esquadrões táticos ganham munição especial nos moldes das regras publicadas na White Dwarf para a Deathwatch já os veteranos organizados em esquadrões de assalto contam com jump packs e diversas opções de armas de assalto. Além disso reitero que esses veteranos poderão ganhar a habilidade de assaltar no mesmo turno em que entram no jogo por “Deep Strike”! Scouts montados em motocicletas foram mantidos no livro. Terminators em unidades de 5 homens poderão ter somente uma arma pesada. Comandantes equipados com terminator armour, motocicleta ou jump pack não influem na seleção do army, no entanto personagens especiais influenciam sua seleção de unidades. A regra “Rites of Battle” não está mais presente no Codex. Space Marine Captains ganham automaticemente um Iron Halo.

 

No que tange aos veículos teremos uma nova variante de Land Raider introduzida. Chamado Redeemer ele é equipado com heavy flamers de força 6 e AP 3 nos sponsons laterais e um twin linked assault cannon montado no chassis. Teremos ainda 3 variantes de Dreadnought, uma delas intitulada Ironclad, é um Dreadnought pesado voltado para o assalto contando assim com Armour Value 13!!!

 

A seção de personagens especiais esta ricamente povoada. Alegadamente serão 11 (ONZE!!!!) personagens especiais incluindo Marneus Calgar; Tigurius; Chaplain Cassius e Capitão Sicarius dos Ultramarines; Lysander dos Imperial Fists; Capitão Shrike da Raven Guard; Kronos (não sei de qual chapter essa figura é); Pedro Kantor dos Crimson Fists; Tu’shan dos Salamanders (YES!!! Segundo o relato o melhor character do Codex custando mais de 200 pontos); além de um personagem dos White Scars e um personagem Scout. Todos esses personagens terão modelos e conferirão traits (regras especiais) ao army em que são incluídos representando assim as preferências de cada um deles.

 

O relato aponta ainda os seguintes rumores:

 

1 – A Data do lançamento do novo Codex Space Marines é em outubro.

2 – O Kit do drop pod (já mostrado aqui) é semelhante ao da Forgeworld mas tem seu interior oco. Deverá custar o mesmo que um Rhino.

3 – Novo kit do Land Raider será todo em plástico com peças suficientes para montar um Redeemer ou um Crusader.

4 – Scouts com motocicletas serão um kit plástico.

5 – Scouts terão munição Hellfire mas tem WS 3 e BS 3 contando como tropas.

6 – Novo Land Speeder em plástico (aparentemente mais fácil demontar) com uma nova variante. Essa variante seria de uso exclusivo de Scouts njão se sabendo ainda se estes seriam transportados pelo speeder ou se eles poderão coordenar ataques deste novo land speeder.

7 – Thunderfire seria um hibrido entre uma Thuddgun e um Mole Mortar (arma antiga que disparava munição que perfurava o solo até a posição do inimigo).

8 – Nova linha de miniaturas em metal, possivelmente mais veteranos.

9 – O novo Sicarius tem cabelos e barba.

10 – Razorbacks passam a ter diversas opções de armas incluindo: Assault Cannons; Twin Heavy Bolters; Heavy Flamer; Multimelta; lascannon; Twin Plasmaguns;

11 –  Novas unidades de HQ.

 

Se tudo o que esse relato aponta se confirmar acho que teremos boas novas. Só me falta agora converter novos terminators para ocupar o slot de uma das duas armas pesadas de cada um dos meus 5 squads.

 

Até breve!