Posts Tagged ‘Battle for Black Reach’

Salve Leitor.

 

Ah como é bom ter novidades pra trazer pra vocês! E a de hoje é BOMBÁSTICA!!!

 

As noticias de hoje vem direto do Games Day Canadá, que rolou no sábado passado dia 21 de junho, ao qual esteve presente ninguém menos que Jervis Johnson. Como de costume Jervis discorreu acerca dos lançamentos futuros tendo somente confirmado que os trabalhos no Codex Imperial Guard já começaram. E ai veio a grande surpresa: O próprio Jervis Johnson disse que talvez os Squats retornem ao 41º. Milênio!!!

 

Se você tem pouco tempo de hobby talvez jamais tenha ouvido falar neles, o grande tabu nos últimos tempos em qualquer papo sobre planos pro futuro, o temor de qualquer raça/exército que não vende bem. Os Squat eram a contraparte “sci-fi” dos anões de Fantasy em uma época em que os dois sistemas se espelhavam sendo basicamente versões medievais e futurista de um mesmo universo.

 

Com a passagem da 2ª. Para 3ª. Edição do Warhammer 40.000 os Squat foram deixados de lado, simplesmente excluídos do universo ficcional do 40K para o desespero dos jogadores que colecionavam exércitos dessas raças. A explicação para o sumiço da raça foi que os Tyranids teriam consumido os mundos habitados pelos Squats.

 

Antes de continuar o papo tenham em mente que se trata do mesmo Jervis Johnson que em 2004, em um forum da internet, justificou o desaparecimento dos Squats creditando-o ao fato de que em virtude de não se ter feito justiça ao conceito de “anões espaciais” os Squats teriam se tornado uma piada no universo do 40K e o time criativo da GW não estaria conseguindo conceber formas de revitalizar a raça. Além disso haveria uma disparidade entre as linhas de miniaturas devotadas a raça nos sistemas em que ela aparecia (Epic e 40K) o que evitava uma “visão coesa da raça”.

 

Pois bem, Jervis afirmava em sua palestra que a GW tem planos de nos próximos 5 anos rever todos os codexes que não haviam sido revisitados na 4ª. Edição. Aparentemente Witchhunters e Daemonhunters seriam os últimos dessa lista de intenções e portanto só verão a luz ao fim dos tais cinco anos. Quando essa revisão for concluída, SE a GW puder dispor dos recursos de design (o que não é possível no presente momento), eles poderão então contemplar re-introduzir os Squat no universo ficcional do 40K porém eles o fariam como uma raça alienígena completamente nova e sem qualquer relação com o conceito original da raça (possivelmente adotando o conceito dos Demiurgos já existentes em Battlefleet Gothic).

 

Não bastasse a grande nova (ok talvez não tão grande assim já que muita coisa pode acontecer em 5 anos) temos novas fotos das miniaturas que comporão a linha de colecionadores de 40K, bem como fotos melhores do Warboss e do Capitão marine da caixa “Assault on Black Reach”.

 

 

 

 

 

 

 

Por hoje é só. Até a próxima.

Salve Leitor!

Temos uma rápida atualização hoje com mais algumas fotos do Games Day Baltimore que aparentemente haviam escapado do nosso primeiro post sobre o evento.

Já havia comentado no post anterior que a GW mostrou em Baltimore diversos modelos que integrariam sua linha para colecionadores (Collector’s Range) destacando os modelos que comporiam essa linha para o 40K.

Como não poderia deixar de ser existe também uma linha de colecionadores devotada ao Warhammer da qual algumas miniaturas também puderam ser vistas em Baltimore. Dessas de longe a mais interessante para um jogador de Warhammer 40K são os “Ammo Runts” que podem ser facilmente empregados por qualquer Warboss do 41º. Milênio.

Além dos “Ammo Runts” foram mostrados em Baltimore um Clérigo Imperial, uma miniatura chamada “Ratcatcher” (Apanhador de Ratos) e uma peça representando a infame regra “Animosity” dos Orcs.

Outra coisa legal que foi vista pela primeira vez nesse Games Day foi uma das peças em que a Forgeworld estaria trabalhando para compor o pacote de upgrades para o kit plástico do Trukk Ork produzido pela GW. É só um motor, mas dá uma boa idéia do potencial dos upgrades.

Temos ainda uma foto mais próxima do Warboss Ork da nova caixa básica do 40K. Esculpido por ninguém menos que Seb Perbet a miniatura impressiona por ser um modelo “Snap Fit” (mais fácil de montar e com menos peças) e ainda assim possuir imensa quantidade de detalhes e personalidade.

Outra do Games Day que tem deixado jogadores e colecionadores mundo afora ensandecidos é a miniatura do Azhag The Slaughterer. “AZHAG THE SLAUGHTERER?!?” É… Na época em que foi lançado o army book Orcs & Goblins para o Warhammer surgiram rumores acerca de uma espetacular miniatura do Azhag montado em seu Wyvern. Aparentemente seriam só rumores já que tempos depois ela ainda não foi lançada certo? ERRADO!!! A miniatura foi realmente esculpida e é ESPETACULAR, porém problemas com a reprodução da base no molde teriam evitado que ela fosse lançada. Especula-se que a GW estaria trabalhando em uma nova base para finalmente lançar a mini. Espero que sim pois como vocês podem ver a miniatura é realmente espetacular.

E por fim a outra estrela do Games Day. Se existe justiça nesse mundo essa miniatura tem que ser lançada já que é o dragão mais legal que a GW já fez. Compareceu ao evento a escultora Trish Morrison em cujo display se encontrava o dragão das fotos a seguir. Para desespero de muitos (eu incluso) ela teria afirmado ter esculpido o dragão “for fun” e que ele nunca seria lançado. Outros começama a afirmar que ele seria um lançamento futuro da Collector’s Range de Warhammer. Resta esperar pra ver.

Até a próxima!

* Algumas das fotos utilizadas para ilustrar este artigo foram utilizadas sem autorização de seu proprietário. Some of the photos used to ilustrate this article were used without the consent of its owner.

Salve Leitor.

 

O final de semana foi bastante revelador no que diz respeito ao futuro dos dos principais jogos da Games Workshop. Aconteceram no fim de semana passado dois eventos de grande importância para o hobby, nos Estados Unidos o Games Day Baltimore 2008 e em Nottingham na Inglaterra rolou o UK’s Design Studio Open Day (“dia aberto do estúdio de design da Inglaterra” em uma tradução livre). Combinados esses dois eventos produziram mais novidades do que de costume e causaram frisson na comunidade mundial.

 

Diretamente de Nottingham foram importantes algumas confirmações e novidades tais como a informação de que as regras de “Combat Patrol” e “Kill Team” não foram inclusas no novo livro de regras da 5ª. Edição e a noticia de que a White Dwarf será agora controlada de Lenton/UK padronizando a publicação mundialmente (e assim evitando a “anarquia” nas palavras de Rick Priestley) o que aparentemente resultará em uma revista com mais conteúdo devotado ao hobby (com mais artigos de modelismo) e ao jogo (com mais regras publicadas na revista).

 

Ainda no campo das políticas da empresa, acenou-se em Nottingham com mudanças na política da GW no que diz respeito ao suporte aos exércitos/raças de seus jogos. Até então a companhia tentava lançar junto com cada codex o número máximo de miniaturas possível e então indo adiante em seu calendário de lançamentos, e segundo alguns abandonando os armies até uma futura revisão. A partir de agora, como já está sendo implementado com os novos Orks, novos lançamentos para cada um dos armies surgirão periodicamente (já cogita-se fazer Plague Bearers e Horros em plástico futuramente).

 

Ainda em Nottingham foi confirmado para 2009 o lançamento de uma versão de “Mighty Empires” para o 40K. Foram mostradas peças em resina especificas do 40K (já que as de Fantasy são facilmente adaptáveis ao sistema futurista da GW e com as quais as novas peças serão completamente compatíveis) com peças representando linhas de defesa, espaço portos, bunkers e até mesmo uma cidade colméia (Hive City) composta de várias partes.

 

Acerca de novos e futuros lançamentos tivemos confirmação de que os Dark Eldar estariam recebendo sua devida parcela de carinho (Codex e Miniaturas estariam prontas) e que a revisão de suas miniaturas se assemelharia aquela levada a cabo quando do relançamento dos Wood Elves para Fantasy (onde toda a linha foi revista). Definitivamente os Dark Elves não receberão o tratamento dado aos Squats.

 

Tivemos ainda a grande novidade de que a Legião dos Mortos (Legion of The Damned) foi incluída no novo Codex Space Marines (stats normais de veteranos com as regras gerais universais “FEARLESS” e “SLOW AND PURPOSEFUL” além de suas regras específicas que lhes confere um save invulnerável de 3+ e os obriga a sempre começar o jogo em reserva e entrar no campo de batalha através de “DEEP STRIKE” podendo re-rolar o scatter dice). Além da página contendo as regras da Legião temos ainda páginas mostrando o STERNGUARD VETERAN SQUAD; VANGUARD VETERAN SQUAD e KOR’SARRO KHAN capitão da 3ª. Companhia dos White Scars.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O livro Apocalypse Reload trás novos datafaxes como a Torre de Crânios de Khorne (Khorne Tower of Skulls), Torres de Praga (Plaguetowers) e, diferente do primeiro, não é um livro de capa dura.

 

 

 

 

E pra mim a noticia mais triste de Nottingham: Nenhuma nova raça no futuro imediato já que, segundo a companhia, dar suporte às raças existentes já é bastante trabalhoso.

 

De Baltimore as noticias sobre os jogos da GW foram mais ou menos as mesmas vindas de Nottingham com alguns adendos.

 

A apresentação de Baltimore foi capitaneada por ninguém menos que Jervis Johnson e Phil Kelly que em seu seminário detalharam o novo livro da 5ª. Edição discutindo pormenorizadamente cada uma das três seções do mesmo (Background; Hobby e Rules).

 

Sobre o Background: Ambos os palestrantes teriam discursado bastante sobre a importância do background (AKA fluff) para o jogo já que é o fluff quem dá às partidas uma razão de ser. Sendo assim a intenção com o novo livro era propiciar aos jogadores em um só livro a maior quantidade de fluff possível. Isso culminou em cada raça tendo uma seção própria onde é detalhada a perspectiva daquela raça sobre o 41º. Milênio. O foco narrativo do fluff trazido no livro estaria situado no período de tempo entre a Heresia de Hórus (Horus Heresy) e o momento atual, porém não foram confirmados os rumores acerca do estado conturbado da galáxia e do mal funcionamento do trono dourado (Golden Throne) o que evidenciaria um avanço na linha do tempo do jogo. O livro teria ainda detalhes suficientes para garantir horas de boa leitura não só aos novatos, mas também aos veteranos e pistas acerca do futuro do jogo estariam no livro.

 

A parte devotada ao hobby trás segundo os relatos fotos de miniaturas pintadas. Discute-se nessa parte do livro as diversas formas de apreciação do hobby de sorte que o livro tenha apelo a todos os entusiastas do 40K. Essa seção teria ainda fotos de exércitos que ilustrariam um army temático, um army para torneios e um army para campanhas.

 

Quando discutindo a seção de regras os palestrantes confirmaram que as mudanças nas regras (já detalhadas aqui no blog) têm por objetivo conferir ao jogo um feeling mais cinemático. Essas mudanças obrigariam ainda os jogadores a escolher armies mais balanceados e com foco na mobilidade Aparentemte assaltos serão agora mais brutais e sangrentos.

 

Outra boa novidade de Baltimore versa acerca da “Collector’s Range” da GW que, para o 40K, incluirá um air caste pilot, kroot shaper (mostrado aqui), um capitão Blood Angel, um Space Wolf com bolter e um Space Wolf com Lightning Claws (ambos mostrados aqui).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No que diz respeito às fotos de novas miniaturas o evento foi um tanto pobre, mas ainda assim revelador já que apareceram os arquivos em CAD de alguns lançamentos futuros como o Land Speeder transporte de Scouts (cuja arte você já havia conferido aqui no blog), o Dreadnought de cerco e, a meu ver a novidade mais importante, um Battlewagon Ork evidenciando que o sucesso de vendas do Baneblade garantiu projetos futuros (rumores tem apontado para uma Thunderhawk, Valquíria, Vulture, Trigon e até mesmo um Stompa Ork como lançamentos em plástico pretendidos para o futuro pela GW).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sem mais delongas vamos ao restante das fotos.

 

Thunderfire Cannon e Techmarine:

 

 

 

Space Marine Veterans:

 

 

 

 

Ork Warboss da caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Space Marine Captain da caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Sprue da nova caixa “Battle for Black Reach”:

 

 

 

 

Por hoje é só pessoal! Até a próxima!